Deus não se esqueceu de você!

| 17 de abril de 2013 | 13 Comentários

É com alegria e esperança que devo dizer para meus irmãos, amigos e para todos, sobretudo para aqueles que se encontram desesperançados e sentindo-se sozinhos e abandonados, esta frase: “Deus não esqueceu de você”.

Deus não é como o homem, que erra, que esquece ou que diz algo e depois volta atrás. Não! Ele não pode desdizer-se. Por esse motivo, posso dizer que Ele não se esqueceu de nós, uma vez que já disse isso e comprovou nos dando Seu próprio Filho e nos dando o dom da vida e a promessa que estaria sempre conosco. Um exemplo é a Sua misericórdia que sustenta nossa existência. Se Ele deixar um segundo de pensar em nós, de olhar para nós, esse já seria o motivo de nos aniquilarmos da face da terra, pois, por nós mesmos não temos a capacidade da sobrevivência, sem que Alguém nos sustente.

Há poucos dias um Padre me falou: “Toda vez que acordar, imediatamente diga – graças a Deus!”. É algo simples, mas se formos pensar, é mais uma oportunidade de viver, que Deus está nos dando. É mais um dia que nos é dado de presente para ser vivido e bem vivido.

Mesmo assim, depois de muitas provas com Deus e de termos experimentado o seu amor em nossa vida, podemos chegar àquele sentimento de solidão, que nada e ninguém conseguem preencher. Com isso, pensamos até que Deus Se esqueceu de nós, mas vejamos o que a Sagrada Escritura nos diz:

Sião dizia: “O Senhor abandonou-me, o Senhor esqueceu-me. Pode uma mulher esquecer-se daquele que amamenta? Não ter ternura pelo fruto de suas entranhas? E mesmo que ela o esquecesse, eu não te esqueceria nunca. Eis que estás gravada na palma de minhas mãos, tenho sempre a ti sobre os meus olhos”. Is 49, 14-16.

As Escrituras Sagradas nos assegura que Deus é fiel. Ele não nos esquece!

Talvez, você esteja passando por um momento de solidão, falta de fé e de esperança ou até mesmo está se sentido abandonado, esperando receber deste mundo e das pessoas um amor que não é capaz de corresponder aos seus anseios mais profundos. Todavia, somente o amor de Deus tem a capacidade de nos fazer plenamente felizes. Queiramos entrar nesta aventura de descobrir e fazer a experiência com o amor de Deus, um amor que nos ama até o ciúme. Tg 4,5. Nosso coração é muito grande, não se sacia com pouca coisa, tem sede de um amor que o possa preencher totalmente e isso só Deus pode fazer.

Deus tem a medida certa para o nosso coração. Somente Ele é capaz de transbordar nossa vida de alegria. “Colocar-vos-ão no regaço medida boa, cheia, recalcada e transbordante… (Lc 6,38).” A medida do amor de Deus em nossa vida é sempre transbordante! Ele supera qualquer expectativa de felicidade em relação a este mundo. Tudo que podemos conseguir neste mundo diante de Deus ainda é muito pouco, então, se nosso coração foi criado para ser preenchido por este amor, não podemos dar para ele apenas migalhas. Somente o amor de Deus pode nos fazer ir mais longe.

Não esqueçamos que Deus nos ama e que Ele tem o controle de nossas vidas em suas mãos. Não esqueçamos que Ele não se esquece de nós. Mesmo que o mundo e os que amamos se esqueçam, Deus é o único que não esquecerá porque somos os seus filhos amados. Seu amor por nós é de ternura, misericórdia e predileção.

Fábio Junior
(Discípulo na Comunidade Católica Pantokrator)

Tags: , , , ,

Category: Artigos Pantokrator

About the Author ()

Comentários (13)

Trackback URL | Comentários RSS Feed

  1. givanilda disse:

    Quero dizer que este artigo falou muito ao meu coração.
    É um belo esplanar do amor Deus, que este mesmo Deus o capacite cada dia mais a ser este canal de bençãos através de palavras tão simples.
    Grande abraço Fábio.

  2. Fábio Júnior disse:

    Eu fico muito feliz por isso Givanilda!

    Espero que este artigo alcance todos aqueles que precisam saber que existe um Deus que não nos esquece.

    Que o amor de Deus te preencha totalmente para que responda sempre com fidelidade a Ele.

    Fique com Deus!

  3. Eduardo disse:

    Eu gostaria de parabenizá-lo por este artigo do qual vc, Fábio Jr, publicou e que por sinal ficou muito bom. Mas, mais do que parabenizá-lo pelo artigo, eu quero louvar e bem dizer a Deus pelo dom de sua vida à qual vc retribui devolvendo com juros os talentos do qual Deus o confiou, e saiba que não é pouca coisa, nós não temos noção de quantas pessoas são atingidas por aquilo que compartilhamos e testemunhamos, mas com certeza são muitas e muitas delas são resgatadas por estes simples gestos de doação como o seu, Fábio, gestos esse que se resumem em amor a Deus e amor ao próximo.
    Que todos nós Comunidade Pantokrator possamos deixar a timidez e o medo de lado e testemunhar seja escrevendo artigos para o site, o blog ou qqr outros meios, mas que o fassamos para que pessoas, famílias, e almas sejam levadas para Deus.

  4. Cristiano disse:

    Grande Fábio,
    Gostei muito do seu texto… vc resgata o essencial que é gratuidade do amor de Deus por nós.
    Abração.

  5. Fábio Júnior disse:

    Obrigado Eduardo e Cristiano, fico feliz pelas palavras, obrigado por mim ajudarem a crescer.

    Abraços.

  6. Edgard disse:

    Grande Fábio! Obrigado pelo seu SIM irmão!!!

  7. Fábio Júnior disse:

    É isso aí Edgard, que o Espírito Santo nos ajude para que possamos fazer valer nosso “sim” a Deus e que possamos fazê-lo acontecer para que o mundo seja transformado!

    Grande abraço!

  8. DINHO disse:

    DEus o abencoe fabio jr e que sua palavra seja sempre fonte de vida e alimento em nossas vidas,e esse amor ciumento de Deus se renove em nossas vidas a cada dia.
    lembro me da sua inquietude de partilhar a palavra de DEus em algumas partilha,e peco ao Espirito santo que continue a soprar essa necessidade da Palavra de DEus em nossas vidas.
    A paz de DEUS que supera todo entendimento guarde nossos coracoes e pensamentos em Cristo Jesus. AMEM

  9. Fábio Júnior disse:

    Obrigado Dinho!

    Isso é uma necessidade de todos nós. Sem o essencial para nossas vidas e sem fazermos experiência do amor ciumento de Deus sempre, fica difícil ficarmos firmes em Deus. Obrigado pelo seu sim que também me incentiva a ser mais de Deus.

    Abraços!

  10. marcos disse:

    estou passando por uma tribulaçao muito grande ,estou me separando ,estou passando por uma enfermidade onde os médicos me disseram não ter mais jeito meu coração está muito atribulado tenho buscado mas parece que DEUS se esqueceu de mim não tenho forças mais para lutar neste momento li sua mensagem DEUS não se esqueceu de você e até queria acreditar mas não consigo estou chorando muito por favor me ajude

  11. Fábio Júnior disse:

    Olá Marcos,

    O fato de você ter encontrado esse artigo não foi por coincidência, mas pode manifestar claramente um sinal de Deus para você, um sinal de que Ele mesmo queria que você soubesse mais uma vez disso: “Deus não se esqueceu de você”.

    Sei que é difícil entendermos algumas situações, principalmente o sofrimento. Deus também sofreu muito quando seu filho morreu na cruz e sei que está sofrendo hoje com cada lágrima que você derrama. Enquanto houver vida há esperanças e desejo que não perca as esperanças e una seu sofrimento ao sofrimento de Cristo e continue a buscar a Deus na oração. Diante do sofrimento não tem outro jeito a não ser nos lançarmos nos braços de Deus e pedir ajuda e ao mandar esse comentário você já deu o primeiro passo. A vida é feita de compensações, as vezes perdemos algumas coisas para termos outras, porém o mais importante é não perdermos a Deus, é não perdermos a fé.

    Se quiser conversar melhor, ligue para (19) 3232.4400 e lhe ajudaremos no que for preciso. Estou rezando por você!

    Abraços e fique com Deus!

  12. Raphael disse:

    Fábio, muito legal o texto. Acho importante deixar claro que esse vazio que às vezes sentimos não pode ser preenchido com o amor de outras pessoas, nem com bens materiais, muito menos com dinheiro!

    Mas tem um trecho do texto que me intriga.
    “Deus não é como o homem, que erra, que esquece ou que diz algo e depois volta atrás. Não! Ele não pode desdizer-se.”

    Você não considera um pouco perigoso seguir esse pensamento à risca, já que em determinadas passagens bíblicas (já que ela é considerada a absoluta palavra de Deus), existem situações e argumentos relacionados ao contexto da época, e que não refletem a realidade do mundo atual? Por exemplo, passagens em que se trata da escravidão como algo comum e até aceitável (Êxodo 21:7; Levíticos 25:44; etc), e isso pra citar apenas o tema da escravidão, já que temos muitos outros temas em que o contexto da época era completamente diferente e atrasado.

    Gostaria de saber sua opinião acerca deste tema.

    Forte abraço!

  13. Fábio Jr disse:

    Olá Raphael, a paz!

    Obrigado pelo observação, realmente precisamos tomar cuidado com algumas coisas que falamos para não confundir as pessoas. Dentro do contexto do artigo quis dizer que Ele é amor sempre e seu amor é imutável, por isso não nos esquece nunca, mas obrigado pela observação irmão.

    Fique com Deus e continue acompanhando nosso site e lendo nossos artigos!

Deixe um comentário