Faça sua Inscrição

Tinha alcançado minhas metas pessoais e profissionais, mas tudo era vazio

Paulo Adriano Ronqui, discípulo de segundo ano na Comunidade Católica Pantokrator, membro da Forma de Aliança

Como grande parte dos meus irmãos de comunidade, eu também fui apresentado para a Comunidade Católica Pantokrator por meio de uma pessoa conhecida que me convidou para realizar o Curso Espiritualidade e Doutrina (CED) em 2003.

De imediato fiquei embevecido com o carisma da comunidade e com as aulas desse curso. Eu e minha esposa Luciana, na época minha namorada, realizamos o CED durante os três anos de duração do curso. Certamente esse período foi um divisor de águas na minha vida, pois eu havia acabado de realizar meu curso de mestrado e conhecer a doutrina da nossa Igreja com a profundidade como foi passado, me fez ficar extremamente tocado com a riqueza da nossa fé.

Após finalizar o CED, eu acabei me afastando da comunidade, uma vez que nos casamos em 2006 e, em 2011, finalizei meu curso de doutorado.

Foi após a conclusão do doutorado que tanto eu quanto a Luciana, sentíamos que deveríamos estar mais próximos de Deus, e o carisma da Comunidade sempre nos chamou atenção.

Confesso que eu vivia uma fase de extrema satisfação profissional e pessoal, pois havia alcançado minhas metas, mas interiormente, algo me dizia que tudo era vazio, ainda faltava alguma coisa. Como músico, eu me apresentava em importantes locais e geralmente com grande êxito. Como professor universitário de uma importante universidade brasileira, tinha importantes atribuições e trabalhos reconhecidos no Brasil e no exterior. Contudo, ainda faltava alguma coisa.

Descobri no período do meu vocacionado na comunidade que o que me faltava era reconhecer o meu nada, mesmo diante das conquistas humanas, para que Deus se tornasse o tudo na minha vida. Essa reflexão possui um enorme significado, uma vez que tudo que Deus me concede provém dEle e para Ele deve ser realizado. Assim, descobri que o que me faltava era ordenar tudo para Deus, tornando-me fiel à Ele como Cristo nos ensinou, por meio do Espírito Santo.

Hoje estou no meu caminho de consagração, sendo um discípulo de segundo ano na comunidade. Sei que tenho muito a caminhar para a minha consagração ao Carisma El-Shaddai Pantokrator, mas me alegro e me sinto cada vez  mais completo na medida que descubro os traços do carisma na minha vida.

GOSTOU? COMPARTILHE EM SUAS REDES SOCIAIS!

Category: Testemunhos, VOCACIONAL

Deixe um comentário

Campanha do metro quadrado