Como educar meu filho na fé?

0
fé

Existe alguma fórmula mágica ou algum segredo para educar o filho na fé? Primeiramente, precisamos entender que “pela graça do sacramento do Matrimônio, os pais receberam a responsabilidade e o privilégio de evangelizar os filhos” (CIC 2225).  A família tem a missão de guardar, revelar e comunicar o amor.

“Pela força do ministério da educação os pais, mediante o testemunho de vida, são os primeiros arautos do Evangelho junto dos filhos. Ainda mais: rezando com os filhos, dedicando-se com eles à leitura da Palavra de Deus e inserindo-os no íntimo do Corpo – eucarístico e eclesial – de Cristo mediante a iniciação cristã, tornam-se plenamente pais, progenitores não só da vida carnal, mas também daquela que, mediante a renovação do Espírito, brota da Cruz e da ressurreição de Cristo.” (1)

Crescimento na santidade

A educação para fé é uma via de mão dupla. Quantas  vezes,  já dizemos ou escutamos a expressão: “essa criança está me santificando ”ou  “ ele vai me levar para o Céu! “ Não estamos tão enganados quanto a isso “Os filhos, por sua vez, contribuem para o crescimento de seus pais em santidade. Todos e cada um se darão generosamente e sem se cansar o perdão mútuo exigido pelas ofensas, pelas rixas, pelas injustiças e pelos abandonos. Sugere-o a mútua afeição. Exige-o a caridade de Cristo” (CIC 2227).

Confira quatro dicas para educar seu filho na fé:

1.Quanto mais cedo melhor

Os pais são os primeiros catequistas! Quanto mais cedo você educar o seu filho na fé, mas familiarizado ele será com as coisas de Deus. Muitas vezes, investimos na educação profissional dos nossos filhos, os colocamos em diversas atividades extracurriculares, mas não damos tanto valor a sua formação espiritual, que é a base para todas as outras coisas. Não tenha receio de investir e gastar tempo com os valores do Reino. Isso inclui literaturas cristã, retiros, materiais de evangelização, entre outros.

2.Ensine com os exemplos

O testemunho de uma vida cristã de acordo com o Evangelho arrasta. Sim, nossos filhos nos observam e muitas vezes nos copiam, tanto nas atitudes boas, quanto nas ruins. Precisamos buscar essa coerência de vida, para que eles possam crescer na fé, nas virtudes, no comprometimento. Faça atitudes concretas de solidariedade: doe roupas e brinquedos, visite um lar para idosos, ajude na entrega de marmitas para as pessoas em situação de rua.

“A catequese familiar precede, acompanha e enriquece as formas de ensinamento da fé” (CIC 2226).

3.Tenham momentos de oração juntos

Ensine seu filho a falar com Deus, a reservar um tempo para oração. Crie o hábito da oração em família, faça desse momento um tempo agradável, prepare o ambiente para que eles percebam que é um momento precioso.

Aproveite os momentos da oração para ler um trecho da Bíblia, permita que eles perguntem e busque responder seus questionamentos. Uma opção também é ler ou assistir a um filme sobre a vida dos santos.

Peça o auxílio do Espírito Santo de Deus, pois é ele que convence os corações e nos ajuda a perseverar na fé

4.Leve seu filho para igreja

Não só na busca dos sacramentos do Batismo, da Primeira Eucaristia ou da Crisma, mas também para que sintam pertencentes à vida da Igreja, e da comunidade eucarística.

Muitas vezes, os pais têm receio de levar os filhos pequenos para a igreja, pois eles ficam mais correndo atrás da criança, do que participando da missa. Mas, todo esse sacrifício faz parte do aprendizado da fé. Não desista.

Explique antes de sair de casa o que vão fazer e como se comportar em cada parte da missa. Não é do dia para noite que eles vão entender, mas com o tempo tudo ficará mais fácil.

Já os maiores podem participar de grupos de oração para idades deles, bem como de atividades no serviço do altar ou pastorais. Incentive as amizades cristãs.

Referências:Exortação Apostólica – Familiaris Consórcio,

Andressa Aparecida da Silva
Consagrada da Comunidade Católica Pantokrator

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.