Como posso enxergar Deus nas pessoas?

0
enxergar

Enxergar Deus no outro, te convido a estes versos,
Temos muito a aprender, nós que somos tão dispersos.
Andamos sempre a ignorar o Criador do Universo,
Que se esconde nas pessoas e em seus corações se encontra imerso.

Até que é fácil encontrar Deus na pessoa educada,
Que se comporta de maneira gentil e sorridente.
Difícil é enxergar Deus na pessoa irada,
No irritante ou no descrente.

Sabe aquelas pessoas especialistas em causar conflitos?
Olhe mais para suas qualidades do que para os seus defeitos.
Santa Teresinha trata disso em seus preciosos Manuscritos.
Deus também se encontra nelas, trate-as com amor e respeito.

Fomos criados à Sua Imagem e semelhança,
Mas somos inclinados ao pecado e a toda espécie de má tendência,
Que nos deixam com “aspecto irreconhecível”,
É aí que Deus em nós se torna menos visível.

A Presença de Deus costuma ser discreta,
Ele está naquele que passa ao lado e a gente ignora.
Em quem não conhecemos a vida, e o quanto chora.
Que percebê-Lo nos outros se torne nossa meta!

Enxergar Deus no próximo é mesmo uma poesia!
Poder encontrá-Lo é sempre uma alegria!
Faz-se necessário o nosso movimento para conquistarmos esta virtude,
Cultivemos isto desde a nossa juventude.

Deus está no que ajuda e no que é ajudado,
Naquele que perdoa e no que é perdoado.
Sempre manifestando a Sua Santíssima Providência.
Misericórdia, Bondade e Amor são parte da Sua Essência.

Deus está sempre presente, bem mais do que possamos imaginar,
Vejam aquele rapaz, que após cumprir o seu papel
De proteger Tobias na viagem, curar Sara, e fazer Tobit voltar a enxergar,
Revelou sua verdadeira identidade: era o Arcanjo São Rafael!

Esforcemo-nos para Deus no outro enxergar
Confiemos em Sua promessa, que nunca poderá nos decepcionar:
“Vós me procurareis e me havereis de encontrar,
porque de todo o coração me fostes buscar”. (Jr 29,13)

ORAÇÃO

Senhor, dai-nos a graça de Te reconhecer,
Para que um dia possamos escutar:
“(…) Tive fome e me destes de comer; tive sede e me destes de beber;
Era peregrino e me acolhestes” (Mt 25,35). O que temos hoje para Te ofertar?

Nós confiamos que estás naqueles que ajudamos,
Porque foste Tu mesmo que nos disseste:
“(…) Todas as vezes que fizestes isso a um destes meus irmãos mais pequeninos,
foi a Mim mesmo que o fizestes”. (Mt 25, 40b)

Em cada situação, que estejamos atentos,
Ao próximo, seja quem for,
Neste mundo onde há tantas necessidades,
Mas a principal delas é a manifestação do Amor.

Virgem Santíssima, cubra-nos com o Teu Manto,
Ensinai-nos a “sair de nós mesmos”, transcender
Clamai sobre nós o Espírito Santo,
Para que imitando a Sua Visitação, possamos também nós nos oferecer.

Senhor, dai-nos a Graça de caminhar sempre ao Vosso Lado,
Que pela Sua Palavra nos deixemos ser transformados,
Para que em nós o Senhor seja sempre Revelado,
A todos de nosso convívio, a todos os nossos amados.

Retirai de nossos olhos as escamas,
Que nos fazem cegos e insensíveis,
E assim libertos, possamos amar quem Tu amas,
Surpreendendo-nos com alegrias indescritíveis!

Luiza Torres
Discípula da Comunidade Católica Pantokrator

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.