Existe em cada homem um santo em potencial.

0
potencial

Vamos partilhar neste artigo sobre ser santo em potencial e que cada um de nós, homem, mulher, criança, adolescente, jovem, adulto e idoso, todos sem exceção, é capaz de alcançar essa potência. Pode ser que você já tenha alcançado essa graça em sua vida ou pode ser que outros estão buscando descobrir o seu potencial.

Quando se fala de potencial, queremos dizer: aquilo que você faz de melhor, aquilo que desenvolve com naturalidade já faz parte de si. Pode ser que não reconheça o seu potencial ou ainda não descobriu, e para que isso ocorra, é necessário uma busca e a partir dessa descoberta para desenvolvê-lo.

Cada pessoa é única e exclusiva, com suas características próprias, seus dons, talentos e até mesmo as suas imperfeições e limitações. Somos imagem e semelhança de Deus, e por sermos filhos de Deus, portamos uma filiação divina. Quando reconhecemos que somos filhos e amados por Deus, passamos a buscar a ajuda de Deus para realizarmos todas as coisas. Existe uma graça em nós e temos a ajuda do Espirito Santo, que é uma força.

Você já descobriu qual é o seu potencial?

Sabe que eu não tinha parado para pensar nesse assunto profundamente? Já cheguei a pensar naquilo que consigo executar com facilidade e ao mesmo tempo consigo um ótimo resultado, ou cheguei a pensar naquilo que tenho dificuldade e preciso de ajuda para realizar. Agora em potencial, preciso analisar e olhar para vários fatores que precisa ser levado em consideração.

Primeiramente, é importante o autoconhecimento, para uma real análise de você. Olhar para si e perceber quais são as suas qualidades, seu temperamento, a maneira como lida com você mesmo e com o seu próximo e, consequentemente, toca tudo aquilo que faz parte da sua vida: seu trabalho, sua casa, sua relação com seus amigos, familiares e principalmente a sua relação com Deus.

Pode ser que você tenha estudo, feito faculdade, Pós-Graduação, Mestrado, Doutorado, outros estudado até o Ensino Fundamental, e ainda tem pessoas que não tiveram a oportunidade de estudar, mas que desenvolveram o melhor naquilo que fazem. Tem pessoas que aprenderam um conhecimento ou trabalho ajudando os pais nos serviços de agricultura, na loja ou em casa. São tantas profissões e, ao mesmo tempo, tantas pessoas que se tornaram autônomas porque eram tão boas naquilo que executavam que transformaram em uma fonte de renda e até mesmo em uma pequena empresa.

Esses pequenos exemplos mostram que todos têm um potencial e podem desenvolver-se. A pessoa que não teve oportunidade de estudar hoje pode voltar a estudar. São tantas oportunidades para que ela possa adquirir novos conhecimentos. Aquelas pessoas que hoje buscam uma nova oportunidade de trabalho, de ser um empreendedor, têm inúmeras maneiras de buscar ajuda e entender esse novo mercado de trabalho hoje.

Qual o sentido para a sua vida?

Todo o seu potencial descoberto não pode parar em si mesmo. Ele precisa gerar frutos, colocar-se em favor do outro, precisa transbordar. Seus estudos, seu conhecimento e seu trabalho com seus amigos devem ser feitos com amor. É possível ser santo na realidade em que você vive. Vamos então falar de Santa Teresinha, que soube viver a santidade em cada detalhe de sua vida.

Santa Teresinha do Menino Jesus é uma santa muito querida e amada por nós da Comunidade Católica Pantokrator, exemplo de simplicidade, humildade e pequenez.

“Como sabeis, sempre desejei ser santa. Mas que tristeza! Quando me confronto com os Santos, sempre verifiquei que há entre eles e eu mesma diferença que existe entre a montanha, cujo cimo desaparece nos céus, e o obscuro grão de areia, espezinhado pelos transeuntes. Em vez de me desanimar, pensei: O Bom Deus não seria capaz de inspirar-me desejos irrealizáveis. Posso, por conseguinte, aspirar a santidade, não obstante minha pequenez. Ficar maior, não me é possível. Devo, pois, suportar-me tal qual sou, com todas as minhas imperfeições. Mas procurarei um meio de ir para o céu por uma trilha bem reta, bem curta, uma trilha inteiramente nova” (Santa Teresinha do Menino Jesus, 271; pág 226. Livro: História de uma Alma).

Uma jovem que em tudo buscou fazer a vontade de Deus, através desse desejo  de viver a santidade na realidade do seu dia a dia, deixou-se ser transformada por Deus. Descobriu um segredo: o amor, que tudo feito com amor estaria santificando todas as coisas. Reconheceu que se descobriu amada e agora restava corresponder a esse amor de Deus amando.

Considerava-se incapaz de realizar grandes coisas, mas foi através da sua pequenez que pôde fazer a experiência de Deus e, ao mesmo tempo, se tornar Santa e doutora da Igreja. Não parou nas suas limitações humanas, fragilidades, mas buscou superar em Deus, uma jovem que deixou-se ser moldada no seu temperamento e sua sensibilidade.

“Eis que faço nova todas as coisas”. Quem traz essa novidade para nossas vidas é o Espirito Santo de Deus, no momento que tenho uma maior intimidade e vida de oração acabo entendendo com clareza tudo aquilo que Deus quer realizar na minha vida. Você acaba entendendo esse potencial que hoje almeja contar com a graça de Deus para que tudo que você faça ou viva seja feito com amor, e acaba vivendo a santidade nas pequenas coisas da sua vida.

Uma família santa

Acredito que, nos dias de hoje, existam muitas famílias que vivem essa realidade de santidade, mas cujo nome e sobrenome não sabemos. São homens e mulheres que, pela graça do matrimônio, vivem no seu cotidiano a santidade nas pequenas coisas. Cuidar dos filhos, levar para brincar no parquinho ou até mesmo levantar de madrugada para cobrir o filho que está descoberto, limpar a casa, passar roupa, colocar o lixo para fora na lixeira, pequenos e simples gestos que são exigentes e feitos com amor.

Nessa situação que foi citada, existe amor e doação em tudo o que é feito. Doar-se em favor do seu filho, esposo e esposa, uma atitude de sair de si daquilo que gostaria para fazer em favor do outro. A própria vivência do matrimônio já requer esse fazer o outro feliz, e isso significa os detalhes mais simples e até mesmo os mais complexos do cotidiano familiar.

Agora vamos falar um pouco sobre a família de Santa Teresinha do Menino Jesus, seus pais Zélia e Luís Martin são santos e tiveram 9 filhos, dos quais dois meninos e duas meninas vieram a falecer precocemente, e suas filhas também se tornaram santas.

Qual o segredo dessa família? Deus. O segredo de que escolheram em primeiro lugar em suas vidas fazer a vontade de Deus e dessa escolha transbordou para toda a sua vida e na vida de sua família.

A exemplo dessa família santa, hoje Deus te convida a não desistir de você e nem da sua família. Existe um você um potencial que é graça de Deus e, com a ajuda de Deus, você consiga transformar todas as realidades que hoje parecem difíceis e impossíveis. Comece pedindo ao Espirito Santo de Deus que te capacite para ser uma pessoa melhor, que consiga entender a si próprio e até mesmo a realidade que sua família.  Tenha fé, coragem e ousadia para fazer a vontade de Deus e verás maravilhas que realizará em sua vida.

Juliana de Fátima Campos
Consagrada da Comunidade Católica Pantokrator

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.