Seja a voz de Deus para o mundo!

0
Voz

Seja a voz de Deus para o mundo!

Você se lembra da primeira vez que ouviu a voz de Deus? Como ela chegou até você? Talvez tenha sido através de um amigo, de uma pregação, de um livro, de uma oração, de uma música, de um desconhecido ou até de uma dessas mensagens que lemos nas ruas escritas em outdoors… Deus é criativo e usa dos mais diversos meios para Se manifestar a nós! Seu desejo é que sejamos alcançados pela Sua Palavra de Amor e Salvação! Ele também conta com cada um de nós para que sejamos instrumentos de Sua Voz para o mundo, mas como isso se realiza no dia a dia de nossas vidas?

“… A boca fala do que lhe transborda do coração” (Mt 12,34).

Para que sejamos capazes de falar das coisas de Deus, primeiramente, é necessário ouvi-lO, experimentá-lO e conhecê-lO. Precisamos ser terras boas para que a Palavra semeada por Deus seja fecundada em nossos corações e gere frutos em nós.

Através da vida de oração, experimentamos e conhecemos a Deus. Assim como qualquer relação cultivada no cotidiano da vida, nosso relacionamento com o Senhor crescerá em intimidade. Essa comunhão com Jesus, Verbo Eterno do Pai, nos fará cada vez mais conhecedores da Palavra, que é o próprio Cristo. E à medida que nos tornarmos mais íntimos de Deus, mais sensíveis seremos para escutar o Espírito Santo, que é a expressão da Voz e do Amor Divino!

Uma voz que clama no deserto! (cf. Is 40,3)

Em meio a este mundo surdo, relativista e descrente, porém, profundamente sedento da Palavra de Deus, muitas vezes nos sentimos desanimados e até desacreditados. É hora de nos mantermos firmes na Fé e na certeza de que se nós desejamos que a voz de Deus chegue aos ouvidos e aos corações, muito maior é o desejo do coração d’Ele que isso se realize.

“… A Palavra de Deus é viva, eficaz, mais penetrante do que uma espada de dois gumes e atinge até a divisão da alma e do corpo, das juntas e medulas, e discerne os pensamentos e intenções do coração” (Hb 4,12). A nós, não é possível medir o poder e a força da Palavra Divina, qualquer tentativa de fazê-lo limitaria a ação de Deus que é onipotente, onisciente e onipresente. Cabe a nós anunciar a Palavra e ser voz de Deus. Só o Espírito Santo é quem convence e a graça de Deus alcança lugares que nunca imaginaremos, é capaz de penetrar as rachaduras dos corações mais desérticos. “Tal como a chuva e a neve caem do céu e para lá não voltam sem ter regado a terra, sem a ter fecundado, e feito germinar as plantas, sem dar o grão a semear e o pão a comer, assim acontece à palavra que minha boca profere: não volta sem ter produzido seu efeito, sem ter executado minha vontade e cumprido sua missão” (Is 55,10-11).

“Não podemos deixar de falar das coisas que temos visto e ouvido” (At 4,20).  

Não há como permanecer indiferente diante da grandeza e do poder divino, é preciso que a Voz de Deus ressoe em nós e para fora de nós.

O ato de Evangelizar vai além do falar!

A evangelização, na prática, acontece no decorrer da vida cotidiana. Se vivemos em intimidade e comunhão com Cristo, a unção e a graça de Deus estão vivas dentro de nós e evangelizamos naturalmente com gestos, olhares, sorrisos, com um simples “Deus te abençoe!” e seja como for que o Espírito Santo suscitar!

Busquemos a Deus, sejamos plenos do Espírito Santo e a Voz de Deus ecoará em todo o nosso ser e em tudo o que fizermos!

Que Deus nos abençoe!

Adriane Luz
Consagrada da Comunidade Católica Pantokrator

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.