Sois a minha fortaleza nos combates e o meu refúgio no dia da tribulação

0
refúgio

Tu que habitas no esconderijo do Altíssimo, que mora a sombra do Onipotente, dize ao Senhor: Sois meu refúgio e minha cidadela (fortaleza), meu Deus, em que eu confio. Ele te cobrirá com suas plumas, sob suas asas encontrarás refúgio. Sua fidelidade te será um escudo de proteção. Tu não temerás os terrores noturnos, nem a flecha que voa à luz do dia, nem a peste (a epidemia) que se propaga nas trevas, nem o mal que grassa ao meio-dia.” (Sl 90, 1-2, 4-6)

Nosso refúgio

Com certeza, todos já lemos esse Belíssimo Salmo!!! É o Salmo da confiança. Em todos os tempos e mais do que nunca nos tempos atuais devemos rezá-lo todos os dias, muitas vezes ao dia. Por quê?? Porque ele é uma oração de confiança naquele que é o Todo Poderoso, naquele que nos guarda, nos protege e nos livra de todo mal. E quem hoje em dia não precisa de proteção?

Vivemos em tempos de muito medo, insegurança, incertezas. Em quem nos apoiar? Onde buscar socorro, refúgio, proteção? Tantas notícias de morte, de pessoas a um fio de perder suas vidas, doentes, desempregos, necessidades materiais, e, diante de tudo isso, em quem temos confiado? A quem temos buscado?

Tribulações? São inúmeras. Mas o Senhor nos diz em sua Palavra, no Salmo 45,2 que “Deus é nosso refúgio e nossa força, mostrou-se nosso amparo nas tribulações.” Sim, queridos leitores, Ele, o Senhor, é o nosso refúgio e a nossa força, amparo em nossas tribulações. Sua Palavra nos garante esse cuidado e essa proteção que vêm do alto e Ele não nos decepciona.

Buscar a Deus em primeiro lugar e tudo o mais Ele fará

Somos filhos do Altíssimo, do Deus Poderoso, amados e queridos por Ele. Jamais Ele nos abandonará. Jamais! Não podemos desanimar nos combates de cada dia, não podemos nos perder nas dificuldades da vida, nas lutas diárias, diante de tantas notícias ruins que vemos na TV, na internet, nas redes sociais. É tempo de combater, de lutar, de dobrarmos os nossos joelhos e nos voltarmos para o Senhor. A partir daí, anunciarmos a vitória de Deus sobre nossas vidas, nossa casa, nossa família. Façamos parte do grande exército de Deus que luta, que reza, que não se deixa abater, mas que segue buscando refúgio e forças no Senhor.

Você já percebeu que nós nos desesperamos, nos inquietamos, nos angustiamos com muita facilidade?

A pergunta é: em quem temos colocado nossa esperança, nossa confiança?

O Salmo 117, 9 nos diz que “Mais vale procurar refúgio no Senhor do que confiar no homem.” E tantas vezes somos lentos para buscar a Deus.  Buscamos em pessoas, na medicina, na ciência, na internet, e não nos colocamos em primeiro lugar em oração, na presença de Deus.  Falamos de nossas tribulações para tantas pessoas, nos queixamos, murmuramos, e, por fim, quando não nos resta mais pra quem falar, vamos ao Senhor e ainda ficamos bravos porque achamos que Ele não nos atende ou não nos ouve como gostaríamos.

Refúgio poderoso

Meu irmão, minha irmã, estamos nesse mundo para fazer a vontade de Deus e não para que Ele faça a nossa vontade, assim, precisamos compreender que as tribulações, sofrimentos, alegrias existem para nos aproximarmos mais de Deus. Para buscá-lO incessantemente, constantemente. E é em oração que apresentamos a nossa vida a Ele, falamos o que sentimos, vivemos, falamos das nossas dores, medos, alegrias, vitórias, fracassos, insegurança, preocupações. Apresentamos tudo a Ele e permitimos que Ele nos acolha com o nosso tudo, com nossas misérias, fraquezas, alegrias e esperanças. Só assim nos esvaziamos e permitimos que Ele seja verdadeiramente o nosso refúgio e a nossa proteção, como rezamos no Salmo 90. A partir do momento em que apresentamos tudo o que está em nós para o Senhor, somos capazes de nos abandonarmos N’Ele, de deixar que Ele cuide de nós.

Você nunca está sozinho!

Hoje, ouvindo uma reflexão, o sacerdote dizia que em uma das aparições de Nossa Senhora em Fátima, ela disse para Irmã Lúcia: Eu nunca te deixarei sozinha. Que maravilha ouvir isso! Que alegria saber que o nosso abrigo, nosso refúgio é dentro do Coração Imaculado da Santíssima Virgem Maria. Temos que nos voltar, mais do que nunca, para o Divino Coração da Virgem Maria e do Sagrado Coração de Jesus, na certeza do amor de Deus por cada um de nós.

O salmo da liturgia de hoje nos diz assim: “O Senhor ama seu povo de verdade.” O amor de Deus é o caminho que nos conduz a cada dia para a nossa santificação. Sim, verdadeiramente o Senhor nos ama de verdade e Ele quer de nós um amor elevado, divino, mas antes disso uma certeza de uma fé inabalável, firme, constante n’Ele e em sua Palavra, pois Ele mesmo nos disse que estaria conosco todos os dias (conf. Mt. 28,20). O Senhor nos ama de verdade e pela força do seu amor somos fortalecidos para combater todos os dias, pois eu não estou sozinho(a).

Só em Deus encontramos refúgio, repouso e abrigo. Ele age a todo tempo em nosso favor. Ele é o nosso amigo fiel. É n’Ele que encontramos forças para vencer nossas guerras, nossos caprichos, más tendências, n’Ele vencemos o inimigo, vencemos as tentações. É n’Ele que está a nossa vitória.

Ato de fé

Faça agora um ato de fé. Diga com toda propriedade para você mesmo: O Senhor me ama de verdade, eu nunca estou e nunca estarei sozinho(a). Jesus me ama, Ele está e sempre estará comigo junto com a Virgem Maria. Não preciso combater sozinho(a) porque eu tenho um exército celestial em meu favor. Eu creio Jesus que o Senhor me ama de verdade e que no seu amor eu encontro refúgio. Eu creio que a Virgem Santíssima me ama e está comigo em todos os tempos e em todos os momentos.

Sandra Luzia Silva Santos
Consagrada da Comunidade Católica Pantokrator

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.