Você reza pelas almas do purgatório?

0
purgatório

Infelizmente, rezar pelas almas do purgatório tem caído no esquecimento. Seja por não mais se acreditar em sua existência, seja por menosprezar a importância deste ato. Para nós, católicos, o purgatório não deve ser visto como uma terceira opção, como um lugar somente para aqueles que foram “mornos” na fé. O purgatório deve ser visto, depois da Cruz de Cristo, como a plenitude da misericórdia de Deus.

Quando morremos temos apenas duas alternativas – seremos salvos ou não. Isto quer dizer que, no momento da morte, já somos destinados para o céu ou condenados para o inferno. Mas é errôneo pensar que, mesmo salvos, já estamos aptos a desfrutar das maravilhas do céu. A grande maioria das almas, mesmo que salva, ainda não está pronta para o céu; e é aí que entra o purgatório: como este tempo, este estado de purificação antes das glórias eternas do céu.

O Catecismo da Igreja Católica nos ensina que “Aqueles que morrem na graça e na amizade de Deus, mas imperfeitamente purificados, estão certos da sua salvação eterna, todavia sofrem uma purificação após a morte, a fim de obter a santidade necessária para entrar na alegria do céu” (CIC, §1030). Sendo assim, é de grande imprudência pensarmos que o purgatório seria apenas uma “sala de espera”. Sofreremos, pela graça de Deus, este tempo de purificação.

Por que rezar pelas almas do purgatório?

Já podemos perceber que o purgatório faz parte do plano da salvação de Deus. E qual a importância disso para nós, vivos? Pela morte de Cristo fomos elevados a estatura de Filhos de Deus. Sendo assim, como filhos de Deus, precisamos querer o que Ele quer, precisamos buscar o que Ele busca e participar do Seu desejo de salvação para o homem, para todos os homens. Deus deseja, além da nossa salvação, que possamos contemplá-Lo face a face. E por isso, Ele deseja que todas as almas passem pelas dores da purificação do purgatório e alcancem a glória eterna.

No entanto, uma alma no purgatório nada pode fazer por ela mesma. Ela precisa das orações dos vivos para que suporte este estado do purgatório. As almas do purgatório são as mais necessitadas de nossas orações. Isto porque os vivos ainda podem fazer algo por eles mesmos, os condenados ao inferno já foram julgados e os que foram direto para o céu, já desfrutam de suas maravilhas. No entanto, aqueles que padecem no purgatório não podem ser esquecidos.

Aprendamos com Nossa Senhora e os Santos!

Esta grande importância em rezar pelas almas do purgatório nos é revelada e ensinada por Nossa Senhora em sua aparição em Fátima, onde nos ensina a rezar:

“…e socorrei principalmente as que mais precisarem”. Neste momento, a Virgem nos ensina que as que mais precisam são justamente aquelas almas que nada podem por elas mesas. Então roguemos a Deus por estes que padecem.

Além de uma necessidade, as orações pelas almas do purgatório são “os melhores exercícios de piedade e uma das obras mais santas que podemos praticar neste mundo”, nos ensina Santo Agostinho.

São Tomás também nos ensina que “Os sufrágios pelos mortos são mais agradáveis a Deus que os sufrágios pelos vivos, porque aqueles têm necessidade mais urgente deles, não estando aptos a se ajudarem por si mesmos, como os vivos”.

Caro Leitor, que estas breves linhas possam, pela graça do Espírito Santo, gerar em seu coração o ardor por estas almas. Que possamos neste dia ofertar uma oração, uma penitência ou quem sabe a Santa Eucaristia em intenção das almas do purgatório. Que o Senhor nos abençoe!

Vanessa Cícera S. Ramos
Consagrada da Comunidade Católica Pantokrator

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.