Você sabe o que é Teologia do Corpo?

0
teologia do corpo

Ao descobrir o mistério da teologia do corpo, você irá adentrar na beleza de quem você é, conhecerá os seus anseios e conseguirá entender para que você foi criado.

Estamos diante de um século em que as pessoas não respeitam os seus corpos, não se conhecem, fogem de tudo o que sentem e de tudo o que são.

Caro leitor, eu não sei se é o seu caso, mas eu sempre procurei respostas sobre a Igreja Católica que viessem ao encontro das coisas que eu sinto, que eu vejo e desejo. Nunca entendi uma Igreja que desprezava o que eu sentia, ou que eu tinha que reprimir os meus desejos mais íntimos.

A verdade que Deus traz é que eu não tenho que reprimir nada! A Igreja una e santa me acolhe do jeito que eu sou, como eu fui criado. É libertador saber que Deus nunca Se fez ausente, ao contrário, Ele sempre Se faz presente.

Por misericórdia conosco e com tudo o que trazemos, Ele suscitou no coração de um homem santo a descoberta dessa linda verdade. A verdade de nossos corpos.

 São João Paulo II e a Teologia do Corpo

O grande santo conhecido como o Papa da juventude foi quem Deus escolheu para desvendar o mistério dos nossos corpos que está contido na Sagrada Escritura, através dos desejos mais profundos que existia no coração dele, no meu e no seu coração.

A Bíblia é o livro sagrado no qual São João Paulo II descobriu o mistério de amor que une Cristo, nossos corpos e a Igreja. Depois de um profundo estudo e oração, escreveu “A Teologia do Corpo”, conhecida em português pela sigla TDC. Trata-se de uma resposta bíblica sobre a revolução sexual que vivenciamos hoje.

“Deus é autor do mundo físico e, em Sua sabedoria, Ele não nos fez puro espírito. Ele nos fez espíritos encarnados; uma unidade física e espiritual” (Christopher West).

Nessa descoberta, o Papa nos mostra que Deus não criou um corpo ao qual uma alma pertence. Não! Corpo e alma são um só. Você não existe sem uma alma; e a alma não existe sem o seu corpo; sendo assim, eles se complementam.

Sabereis a verdade e a verdade vos libertará

Sabemos, então, que Deus nos fez corpo e alma. Agora, precisamos saber quais são os desejos que essa alma traz, e porque os desejos eróticos que existem em nós não são saciados. Por que aceitamos qualquer coisa que nos leve ao prazer e nos satisfaça por minutos?

A resposta é: estamos na direção errada. Colocamos o nosso eros (desejo erótico) na direção que ele não deveria estar. Desde quando o pecado entrou no mundo a desordem existe. Por toda via, passamos a ansiar algo além de nós mesmos e, em troca de minutos de êxtase, entregamo-nos a coisas e pessoas erradas.

Na busca incessante da realização desse prazer, seguimos por caminhos divergentes do que fomos criados. Ou aceitamos qualquer forma para nos satisfazer ou reprimimos os nossos desejos, anulando quem somos.

Através da Sagrada Escritura, São João Paulo II descobre que a Bíblia começa com uma história de amor, “Adão e Eva”, e termina com uma história de amor entre Cristo e a igreja (nós).

Como Deus, que é o verdadeiro amor, desprezaria o amor que existe em nós? Ele deixaria de lado as pessoas que Ele mesmo criou? Por que faria de nós seres assexuados, se Ele não fosse capaz de responder a essa sede que percorrer a nossa humanidade?

O Papa descobre toda essa beleza e vai ao encontro de suas próprias perguntas; e acha as respostas. A Teologia do Corpo, na época, não foi muito valorizada. Mas na sua dedicatória ele cita que esse livro seria de grande riqueza e descoberta para o século seguinte (XXI). Hoje, vários escritores, teólogos, comunidades vão em busca desse conhecimento e a TDC é capaz de proporcionar a nós muito conhecimento através de livros, cursos, retiros.

A TDC não é apenas um conhecimento teologal, mas um conhecimento de nós mesmos e do amor de Cristo, que jamais imaginamos ter e tocar.  Um Deus de amor, de amizade, que Se faz presente e quer nos saciar.

Trazendo a Teologia do Corpo para o meu dia a dia

“O corpo, de fato, só ele é capaz de tornar visível o que é invisível; o espiritual e o divino foi criado para transferir para a realidade visível do mundo o mistério oculto desde a eternidade em Deus e assim dele ser sinal” (TDC 19,4).

Deus nos chama para ser sinais d’Ele através dos nossos corpos e com tudo o que ele traz. Com isso, não podemos reprimir os nossos desejos, mas sim entregá-los a Ele para serem direcionados para o amor ÁGAPE (Divino).

Caro leitor, essa ânsia que você tem é um desejo por Deus, desordenado. Sim, a sua alma clama por Ele e só será saciada quando estiver n’Ele. Existe um propósito para tudo isso. Deus te criou, Ele sonhou com a sua vida, Ele te escolheu. Ele jamais rejeitaria quem você é!

Não podemos sair por aí usando as pessoas e as tratando como objetos somente para satisfazer as nossas vontades. Não! Somos seres racionais e precisamos descobrir a verdade que nos coloca diante de quem nós somos e diante de quem precisamos ser.

Essa incrível descoberta vai te ajudar a viver os seus processos de autoconhecimento, de cura, e colocar em prática no seu dia a dia.

Eu te convido a procurar a saber mais, a procurar a ler a Bíblia, os livros, os artigos, tudo aquilo que Deus for suscitando para você nessa busca. Eu te trouxe até aqui, mas Deus convida você a percorrer o caminho.

Reze com essa descoberta, traga para sua intimidade, mostre as sedes do seu coração, seus sonhos, desejos. Abra-se a ponto de Deus conseguir te mostrar quem é verdadeiramente você, para que foi criado(a).

Vá em busca da sua curiosidade, das suas dúvidas, das suas respostas. Esteja atento(a) a tudo o que Ele te mostrar e te apresentar. Deixa Deus te surpreender. Coragem! Ele te chama.

Boa descoberta.

Que o bom Deus conduza você nessa missão.

Carla Gaspar
Postulante da Comunidade Católica Pantokrator 

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.