Vontade de Deus

0
Vontade

A vontade de Deus é sempre mencionada para aqueles que já têm uma caminhada dentro da Igreja. Aprendemos na catequese que a vontade divina é sempre boa, perfeita e agradável. É a ela que devemos sempre buscar, e então, permanecer. Mas como saber se estou fazendo a verdadeira vontade de Deus? Esse é o questionamento que muitos, com uma vontade genuína de viver a santidade, se depara.

Quando dizemos que Deus tem vontade, estamos usando uma figura de linguagem para se referir aos desígnios, propósitos Dele em nossas vidas para que assim possamos alcançar à vida eterna. Sim todos nós temos um propósito, algo que só a nossa história pode revelar. Veja as histórias dos santos: podem ter a mesma vocação, mas cada um expressa o desejo pelo céu e entra em relação com Deus de uma forma única e particular.

Então, quando falamos de vontade de Deus para a nossa vida, estamos nos referindo àquilo que só você pode expressar no mundo e fazer da sua vida uma verdadeira história de amor, uma história única. Deus deseja a sua verdade, por mais que você tenha uma vocação, até mesmo um Carisma igual a de outras pessoas, Deus se manifesta em sua vida de forma particular, pois Ele se relaciona com a pessoa, o indivíduo. Deus nos vê como filhos únicos.

Podemos então perceber que nossos medos em saber ou não se estamos fazendo a vontade de Deus não vem do fato de não escutarmos o que Ele está nos dizendo, pois Ele sempre se manifesta, mas pela falta do sentido de filiação. Quando eu sei que sou filho de Deus, eu me vejo livre para abraçar a minha verdade como pessoa e assim abraçar essa expressão de Deus no mundo que só a minha vida pode revelar. Sim, fazer a vontade de Deus é viver a originalidade do que você foi chamado e isso está inscrito em nossos corações.

Eu sou o que Deus pensa de mim

Eu sou o que Deus pensa de mim”, essa é uma frase de santa Terezinha que sempre me trouxe para a verdade de ser aquilo que Deus sonhou para mim e não o resultado dos meus traumas, assuntos maus resolvidos e temperamento incontrolável. A vontade de Deus para a minha vida é que eu seja livre para amar e para quem ama nada precisa ser explicado, o amor tudo nos ensina. Não tenho grandes conhecimentos filosóficos e teológicos para explicar a faculdade da vontade, citar São Tomás de Aquino, entretanto, eu sei o que o próprio Amor me ensinou através do meu medo de não fazer a vontade de Deus.

Não devemos nos cobrar mais do que nos é exigido e a vontade de Deus nos exige o amor, apenas isso. É amando que vamos encontrar a verdade de quem somos e como devemos expressar isso para o mundo, sendo testemunhas da grande misericórdia Dele. É por isso que se você se encontra em crises vocacionais, se perguntando qual a vontade de Deus para a sua vida, ser sacerdote ou se casar, religiosa ou mãe de muitos filhos eu te faço o convite para se colocar diante dos olhos de Deus e perguntar para Ele: “Senhor, o que você pensa de mim?”

Veremos que o Senhor tem grandes planos, pois Ele é generoso em derramar Suas graças e nos capacitar para viver de forma verdadeira a Sua vontade em nossas vidas. Que possamos ir juntos para o céu!

Tayná Barbosa
Postulante da Comunidade Católica Pantokrator

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.