Governo vietnamita cancela vistos dos membros do conselho Pontifício Justiça e Paz

0

O governo vietnamita decidiu cancelar os vistos que havia concedido aos membros do Conselho Pontifício Justiça e Paz (CPJP) que pretendiam visitar o país para recolher testemunhos chaves para a causa de beatificação do Cardeal Nguyen Van Thuan. A delegação, encabeçada pelo Cardeal Peter Turkson, Presidente do CPJP, planejava permanecer no Vietnã desde o dia 23 de março até o dia 9 de abril. Fonte: Gaudium Press

A Igreja vietnamita havia manifestado que tinha “grandes esperança” no rápido progresso que a visita da delegação da Santa Sé significava para a causa. De acordo com o informe dado à UCANews pelo padre Peter Nguyen Huu Giai, da diocese de Hue, a decisão surgiu a partir de certos funcionários que temem o êxito do processo de beatificação.
O Cardeal Van Thuan foi vítima da perseguição estatal por sua fidelidade a Igreja e esteve preso durante 13 anos, sem direito a um julgamento.

Independente dos obstáculos governamentais, a grande fama de santidade do Cardeal leva os católicos a continuar confiando em seu eventual reconhecimento por parte da Igreja. “No entanto, vejo com otimismo o processo de beatificação porque a Santa Sé tem o direito de beatificá-lo, sem importar-se com o governo”, afirmou o padre Giai.

O arcebispo de Ho Chi Minh, Cardeal Jean Baptiste Pham Minh Man enviou uma carta aos fiéis da diocese procurando motivá-los a “orar com devoção pelo processo de beatificação” e para obter da Divina Providência a superação destes obstáculos.

Gaudium Press

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.