Anuncio do primeiro-ministro da Itália para enfrentar crise

0

No esforço de enfrentar os impactos da crise econômica mundial, o primeiro-ministro da Itália, Mario Monti, anunciou que vai promover uma reforma trabalhista no país. A ideia é alterar o sistema de demissões e aprofundar o plano de austeridade, exigido pela União Europeia (UE). As propostas do governo podem ser apresentadas até amanhã (31).

Monti disse ainda que o governo estuda uma nova legislação sobre a concorrência e a liberalização dos serviços públicos. O primeiro-ministro quer pôr as medidas em prática nos próximos três meses.

Segundo ele, o objetivo é estimular medidas de crescimento da economia até o final de março de 2012. No dia 30 de março, o governo da Itália apresenta o plano nacional de reformas para a União Europeia.

No próximo dia 9, Monti se reunirá com os representantes sindicais. No começo deste mês, as três maiores entidades sindicais da Itália convocaram uma paralisação geral que foi interpretada como um alerta. Os sindicatos temem as demissões em massa e os cortes dos benefícios já conquistados pelos trabalhadores italianos.

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.