Barack Obama e sua esposa serão os primeiros a visitar exposição de obras de mulheres no Palacio do Planalto

0

Logo ao chegar ao Palácio do Planalto, no próximo sábado (19), o presidente do Estados Unidos da América, Barack Obama, e a sua mulher, Michelle, serão levados pela presidenta Dilma para visitarem a mostra Mulheres Artistas e Brasileiras – Produção do Século 20, que está sendo montada no Palácio do Planalto. Eles serão os primeiros a visitar a exposição que será inaugurada no próximo dia 23 e ficará aberta à visitação pública por cerca de um mês e meio.

Nesta semana, a Presidência providencia os últimos preparativos para a exposição, que faz parte das comemorações do Mês da Mulher. O pedido para que tudo já estivesse pronto na visita de Obama foi feito pela própria Dilma.

A exposição reunirá cerca de 80 obras, entre telas e esculturas, de 49 artistas brasileiras. O Salão Oeste, no primeiro andar do Palácio do Planalto, foi preparado especialmente para a mostra. As paredes foram pintadas com uma tinta da cor chamada menininha, um rosa bem claro.

Hoje (16) deve chegar ao Planalto a obra mais esperada: o Abaporu, de Tarsila do Amaral. A tela, símbolo da pintura modernista brasileira, estava exposta no Museu de Arte Latino-Americano de Buenos Aires (Malba) e foi cedida para a exposição pelo seu dono, o colecionador argentino Eduardo Costantini. A própria presidenta cuidou das conversas com o colecionador para que a obra fizesse parte da exposição.

A tela foi arrematada por Constantini, em um leilão em Nova York, em 1995, por US$ 1,5 milhão. A pintura em óleo sobre tela foi cedida pelo colecionador para ficar no Brasil durante um mês e meio, tempo que durará a exposição a ser inaugurada pela presidenta no próximo dia 23.

Símbolo máximo da antropofagia brasileira, o nome Abaporu significa, em tupi, homem que come gente, uma referência à proposta modernista de “deglutir” a cultura estrangeira, fazendo uma releitura com base na realidade brasileira. O quadro foi pintado em óleo sobre tela em 1928. A pintora Tarsila do Amaral presenteou com o Abaporu o seu marido na época, o escritor Oswald de Andrade.

Muitas das obras que serão expostas fazem parte dos acervos de órgãos públicos, principalmente do próprio Palácio do Planalto, do Palácio Itamaraty e do Banco Central. Entre as obras estão quadros de Djanira e Anita Malfatti, Beatriz Milhazes, Mariannita Luzzati, Lígia Clarck, esculturas de Maria Martins e outras artistas da cena moderna e contemporânea.

Agência Brasil

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.