MEC pretende distribuir material com abordagem homossexual nas escolas da rede publica do país

7

Com discurso de combater a homofobia, foi firmado um convênio entre o Ministério da Educação (MEC), com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e a ONG Comunicação em Sexualidade (Ecos) e produziu um kit de material supostamente educativo composto de vídeos, boletins e cartilhas com abordagem do universo de adolescentes homossexuais que será distribuída para 6 mil escolas da rede pública em todo o país do programa Mais Educação.

Os vídeos que serão expostos nas escolas são bastante sensacionalistas que confundem e ao invés de combaterem a homofobia criam um clima de incentivo a homossexualidade.

Abaixo uma das fotos como exemplo:

 

Quem não estiver de acordo com a forma proposta abordada assine a petição abaixo, leva 1 minuto:

https://www.peticaopublica.com.br/?pi=PROL

7 COMENTÁRIOS

  1. já temos muito preconceito no brasil, devemos sim explicar até ensinar a respeitar
    qualquer diferenças entre, sexo, classe social, ou racial, pois ensinamos em casa os nossos filhos
    o que achamos certo pra eles, ou seja a moral e o bom costume, e o mundo já ensina der-turbado, imagine querer ensinar agora com uma foto que choca o pais, e que é uma agressão
    as crianças, ou seja acho que uma foto dessa só vai despertar a repugnância ou passar a achar que tudo isso é muito normal…
    obs: devemos começas sim a ensinar a abordagem homossexual, mais de uma forma mais RESPEITOSA .

  2. Dificilmente alguem conseguirá segurar essa onda de imoralidade q invade as mentes dos adolescentes. as pessoas se esqueceram de Deus.
    e agora crias suas proprias leis q julgam ser melhores do q as de Deus. é bem a cara de um mundo dominado pelo diabo.
    é nescessario se combater os donos da ideia. pois isso é um incentivo para aqueles q estao em cima do muro.
    os homosessuais querem com isso almentar o numero de parceiros para com isso ganharem mais força no mundo.

  3. por favor.. que absurdo isso. onde ja se viu esse tipo de coisa acontecendo. é o fim, sério. essas coisas, a criança tem que aprender em casa com os pais. e não em escolas. ainda mais com matériais que como dizem ali “incentiva”. O Brasil cada vez pior. fato

  4. Gente, nós não devemos aceitar esse tipo de situação, devemos ser contra isso, cada um sabe de sí e o que quer pra sua vida, mas educação e princípios morais devem ser aprendidos em casa. Esse mundo está mesmo louco, isso jamais teria acontecido na época dos nossos pais, a televisão que é formadora de opnião quer nos fazer acreditar que isso é normal, agora até o Mec apoiar isso já é demais.
    VAMOS PROTESTAR CONTRA ISSO, NOSSOS FILHOS NÃO DEVEM SER SUBMETIDOS A ESSE TIPO DE SITUAÇÃO, IMAGINA A CONFUSÃO EM SUAS CABECINHAS?????

  5. Sou professora da rede pública e sempre que trabalho o tema Sexualidade, quando abordo o homossexualismo, enfatizo a questão do respeito que devemos ter para com a opção sexual dos outros. Todos, indistintamente, merecem ser respeitados nas suas diferenças.Toda forma de preconceito e discriminação é nociva à sociedade. Mas uma coisa é ensinar o respeito aos homossexuais, outra coisa é fazer apologia ao homossexualismo. À escola cabe formar o cidadão em todas as suas dimensões, porém não compete à escola incentivar essa ou aquela opção sexual, afinal todos nascem homens ou mulheres, e a vivência da sexualidade é algo de foro íntimo. O governo precisa preocupar-se é com a qualidade da educação, não ficar investindo dinheiro público fazendo cartilha pra incentivar a erotização de nossas crianças e jovens. SÓ NO BRASIL MESMO!!!!

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.