YouCat será revisado pela Congregação para a Doutrina da Fé

0

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 13-04-2010, Gaudium Press) Será lançado em agosto para a JMJ de Madri, o catecismo para os jovens, o “YouCat”. Em seis línguas “oficiais” e em 700 mil cópias. As traduções da edição principal, depois de confusões e erros descobertos, agora serão revisadas por um grupo da Congregação para a Doutrina da Fé para que fiquem certos que não são contrárias ao ensinamento da Igreja Católica.

A decisão foi tomada depois da descoberta nas edições italiana e francesa erros fundamentais sobre temas morais, como uma passagem, em forma de perguntas e respostas, em que se reconheceria o uso pela Igreja de métodos anticonceptivos. O cardeal Schönborn, responsável pela edição principal, ressaltou em uma coletiva na Sala de Imprensa vaticana para apresentação do YouCat que em alemão não foram encontrados erros doutrinais.

Hoje no Vaticano, depois da audiência geral, foi apresentado na Sala de Imprensa da Santa Sé, o catecismo “YouCat”, material que pretende aproximar os jovens dos fundamentos e dos dogmas da fé católica. A novidade do projeto, como ressaltou o cardeal de Viena, é que pela primeira vez os autores do catecismo não são somente teólogos, mas um grupo de jovens guiados por teólogos e bispos.

Foram justamente os jovens a formular as perguntas. Como frisou um dos 50 jovens envolvidos no projeto, um seminarista da diocese de Limburgo, Nikolaus Magnis, trata-se de um projeto dirigido aos leitores “de forma séria”, que não quer apresentar os temas na gíria jovem, mas nem também em uma linguagem exclusivamente teológica. Um catecismo feito de forma tradicional dos quatro temas maiores: a fé, a liturgia e os sacramentos, os temas morais e a oração.

Cardeal Rylko, presidente do Pontifício Conselho para os Leigos, ressaltou que o catecismo para os jovens tem o objetivo de responder à “emergência educativa” indicada pelo próprio Papa e quer “ajudá-los a crescer com raízes bem firmes no “humus” da tradição cristã” em resposta ao “risco do subjetivismo e do relativismo”.

“O catecismo – observou em seguida Dom Rino Fisichella, chefe do Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização – não somente é importante, mas de certo modo essencial para a vida das novas gerações envolvidas muito frequentemente por um contexto cultural de grande fragmentariedade que os impede de ter uma visão humanitária da vida”.

A ideia de “YouCat” nasceu na cidade alemã de Munique, na Baviera. O projeto foi curado pela Conferência Episcopal alemã em colaboração com a suíça. Também a parte gráfica do livro é fruto do trabalho de 50 jovens. A cor amarela do livro simboliza a cor da Igreja Católica, referência à bandeira vaticana. A letra “Y” da capa formada por cruzes desenhadas por jovens está para “Young”, “youth” e “you”.

As imagens usadas no livro foram feitas pelos mesmos 50 jovens. Além das seis línguas principais – italiano, alemão, inglês, espanhol, francêse português – estão previstas outras traduções de “YouCat”, entre as quais o chinês.

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.