O governo japonês calcula mais de 1.800 mortos e 15 mil desaparecidos vítimas do terremoto e do tsunami

0

O governo japonês calcula mais de 1.800 mortos e 15 mil desaparecidos vítimas do terremoto e do tsunami que devastaram o nordeste do país na última sexta-feira (11). O número deve continuar a crescer. Só na província de Miyagi, uma das mais atingidas, estima-se que mais de 10 mil pessoas morreram, segundo informações do serviço em português da emissora pública japonesa NHK.

As autoridades da província confirmaram 785 mortes em Higashimatsushima, Kesennuma e Sendai. Na cidade litorânea de Minamisanriku, em Miyagi, mais da metade da população de 17 mil habitantes permanece desaparecida. A maioria das casas e prédios da cidade foi levada pela força das ondas gigantes (tsunami).

Em Sendai, de 200 a 300 corpos foram encontrados em uma praia, vítimas do tsunami.

Agência Brasil

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.