VÍDEO: O ataque sacrílego do estado islâmico a Catedral Católica nas Filipinas

0

Um vídeo recentemente difundido pelo Estado Islâmico mostra seus militantes nas Filipinas, fortemente armados, destruindo imagens de Cristo e da Virgem Maria antes de incendiar a Catedral de Nossa Senhora Auxiliadora, em Marawi (Filipinas).

ADVERTÊNCIA: As imagens podem ferir a sensibilidade de alguns leitores.

O vídeo foi publicado pela agência de notícias Amaq, do Estado Islâmico (ISIS), no dia 4 de junho e corresponde ao ataque em 23 de maio, quando os terroristas muçulmanos sequestraram o Pe. Teresito “Chito” Suganob e outros fiéis que estavam reunidos no templo.

O Pe. Chito e os fiéis estavam rezando a novena a Nossa Senhora Auxiliadora quando foram atacados por membros do grupo terrorista Maute, que jurou lealdade ao Estado Islâmico.

O vídeo mostra os membros do grupo terrorista muçulmano destruindo, pisando e quebrando missais, âmbulas, hóstias, imagens de santos, de Cristo e da Virgem Maria dentro da Catedral filipina.

Os membros do ISIS também destruíram as imagens do Papa Francisco e de Bento XVI.

A gravação termina com os terroristas incendiando a igreja.

Os terroristas muçulmanos atacaram Marawi, cidade de maioria muçulmana, depois que o exército lançou uma ofensiva para capturar Isnilon Hapilon, líder do grupo radical Abu Sayyaf, ao qual os membros de Maute se fariam aliados.

Em resposta, o presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, impôs a lei marcial e ordenou que o exército retomasse a cidade, localizada na ilha de Mindanao. Desde então, as forças armadas lançaram bombardeios, enquanto evacuavam os 200 mil habitantes.

Em 30 de maio, os terroristas divulgaram um vídeo no qual aparece o Pe. Chito, visivelmente abalado, pedindo ao governo para impedir os ataques.

Via ACI

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.