Papa Francisco: milagres são sinais que reforçam nossa fé e levam à santidade

0

O Papa Francisco assomou à da janela do Palácio Apostólico, ao meio-dia, como todos os domingos, para rezar o Ângelus. Ele, dedicou a reflexão antes da oração para falar sobre o Evangelho das Bodas de Caná.

papa-angelus

“Os milagres são sinais extraordinários que acompanham a pregação da Boa Nova e têm o objetivo de suscitar ou reforçar a fé em Cristo”, explicou.

Especificamente, em Caná “podemos ver um ato de benevolência de Jesus para com os esposos, um sinal da benção de Deus sobre o matrimonio”. “O amor entre homem e mulher é uma boa estrada para viver o Evangelho, ou seja, para percorrer com alegria a via da santidade”.

O Papa sublinhou que esse milagre não só diz respeito a casamento, porque “toda pessoa humana é chamada a encontrar o Senhor como Esposo de sua vida”.

“A fé cristã é um dom que recebemos com o Batismo e que nos permite encontrar Deus”, disse Francisco.

Dessa forma, explicou que “a história das bodas de Caná nos convida a redescobrir que Jesus não se apresenta a nós como um juiz pronto a condenar as nossas culpas, tampouco como um comandante que impõe que sigamos cegamente as suas ordens; se apresenta como Esposo da humanidade: como Aquele que responde as expectativas e promessas de alegria que moram no coração de cada um de nós”.

O Papa convidou a se perguntar: “realmente conheço o Senhor assim? Sinto-O como Esposo da minha vida? Estou lhe respondendo à altura o amor que Ele manifesta todos os dias a mim e a todos os seres humanos?”.

“Trata-se – acrescentou – de perceber que Jesus nos procura e nos convida a dar-lhe espaço no íntimo de nosso coração”.

Para percorrer este caminho, Francisco assinalou que “recebemos o dom do Sangue de Cristo”. Como nas Bodas de Caná, quando transformou a água em vinho como “sinal da passagem da antiga à nova aliança”.

Além disso, sublinhou que os sacramentos “infundem em nós a força sobrenatural e nos permite de experimentar a misericórdia infinita de Deus”.

Ao finalizar, o Papa pediu à Virgem Maria que “nos ajude a redescobrir com fé a beleza e a riqueza da Eucaristia e dos outros Sacramentos, que tornam presente o amor fiel de Deus para nós”.

“Poderemos assim enamorar-nos sempre mais do Senhor Jesus, nosso Esposo, e ir ao Seu encontro com as lâmpadas acesas da nossa fé alegre, sendo assim seus testemunhos no mundo”, concluiu.

Via ACI

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.