20 de fevereiro: Festa Litúrgica dos Pastorinhos de Fátima

0

Celebrações têm início no dia 19 com as vésperas dos Beatos Francisco e Jacinta, na Capelinha das Aparições

No dia 20 de fevereiro celebra-se a Festa Litúrgica dos Pastorinhos de Fátima, no 90.º aniversário da vidente Jacinta Marto. Para assinalar a data, as celebrações no Santuário Fátima têm início no dia 19 com as vésperas dos Beatos Francisco e Jacinta Marto, na Capelinha das Aparições, pelas 17:30, informa a assessoria de imprensa do Santuário de Fátima.

Conforme comunicado, o programa no dia 20 inicia com a oração do Rosário, pelas 10:00, na Capelinha das Aparições, seguida de procissão para a Basílica da Santíssima Trindade, onde será celebrada a Eucaristia com a bênção das crianças às 11:00. Da parte da tarde, pelas 15:00, haverá um momento de meditação sob o tema “Encontro com os Pastorinhos”, na Basílica da Santíssima Trindade. Às 17:30 terá lugar um momento de Adoração, “Adorar com os Pastorinhos”, na capela do Santíssimo Sacramento.

“O dia 20 de fevereiro é, em cada ano, um dia especial no Santuário de Fátima e um dia especial para quantos sentem Fátima como acontecimento significativo nas suas vidas: é o dia da celebração litúrgica dos Beatos Francisco e Jacinta Marto, os dois mais jovens videntes de Fátima. O Papa S. João Paulo II chamou-lhes Candeias que Deus acendeupara iluminar os nossos tempos conturbados”, refere o Reitor do Santuário de Fátima, padre Carlos Cabecinhas.

No mesmo dia, 20 de fevereiro, o Santuário de Fátima promove a realização em Lisboa de um concerto evocativo dos três videntes de Fátima, que terá como momento alto a estreia nacional da peça musical “Drei Hirtenkinder aus Fatima – Os Três Pastorinhos de Fátima”, da autoria de Arvo Pärt, compositor estoniano de referência na música contemporânea.

A Sé Patriarcal de Lisboa acolhe esta iniciativa integrada no programa oficial do Centenário das Aparições de Fátima. O início do concerto, intitulado “Sem amor nenhuns olhos são videntes”, verso do poema «Anátema», da autoria do escritor português Miguel Torga, está marcado para as 21:00, com entrada livre. O concerto será apresentado em três partes – com coro infantil, órgão e coro – de acordo com o seguinte alinhamento: Coro Infantil do Instituto Gregoriano de Lisboa; João Santos, organista titular do Santuário de Fátima; Coro Anonymus. O programa encontra-se disponível AQUI.

Nas palavras do reitor, a opção pela realização deste concerto fora do Santuário de Fátima “é apenas sinal de que a mensagem de Fátima vai muito além dos limites físicos do lugar e de que a figura dos Pastorinhos de Fátima não pode encerrar-se nos estreitos limites geográficos das suas terras de origem”.

Sobre a peça de Arvo Pärt, o reitor observa que “partindo do texto do Salmo 8, o compositor contempla os Pastorinhos de Fátima como aquelas crianças das quais brota o louvor à grandeza de Deus”.

Para o padre Carlos Cabecinhas, “culto e cultura não são concorrentes e menos ainda se excluem mutuamente”, e também a linguagem da música “é caminho para a difusão da mensagem de Fátima, dando a conhecer os seus protagonistas”.

Zenit

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.