A paciência tudo alcança!

0
paciência

A paciência é uma virtude e só conseguiremos exercita-la quando temos oportunidades para exercê-la.

Vivemos em um mundo no qual reina a pressa e a urgência, em que pouco valor é dado à paciência. Essa virtude, que está cada vez mais escassa em nossa convivência, exige, antes de tudo, nossa confiança em Deus.

E o fundamento da nossa confiança e esperança em Deus está justamente na paciência, como diz a Sagrada Escritura: “A paciência prova a fidelidade, e esta, comprovada, produz esperança. E a esperança não engana” (Rm 5,4-5), pelo contrário, ela elucida a nossa paciência em todas as tribulações, pois na provação temos oportunidades concretas para exercer a paciência e esperar a graça vinda de Deus.

Passar pelas provações

Ter paciência é saber esperar, ter autodomínio diante das demoras e contrariedades da vida, ser sereno e tolerante frente aos incômodos e dificuldades. Aquele que é paciente sabe encarar a vida de maneira otimista, tranquila, buscando sempre a harmonia, pois faz das provas que se apresentam ao longo do dia, das adversidades vividas, ocasiões reais de não perder a paz e em todas essas ocasiões, exercitar a paciência, pois, como afirma São Tiago, é uma “suma alegria” passar por diversas provações, já que elas produzem em nós a paciência (cf. Tg 1,2).

paciência

Quando praticamos essa virtude as outras virtudes também desabrocham e trazem benefícios para o nosso crescimento na vida espiritual.  Para tanto, ser paciente consigo mesmo é fundamental, a fim de perseverar na fé e no abandono da vida em Deus e mudar os comportamentos de ira, ansiedade, orgulho em amor e esperança do céu. Desse modo, os nossos pecados e fraquezas não podem nos assustar e nos desanimar, porque foi pela paciência em vencê-los que os santos chegaram à santidade.

Santa Teresa D’Ávila, doutora da Igreja, nos ensina: “Nada te perturbe; nada te espante. Tudo passa. Só Deus não muda; a paciência tudo alcança. Quem a Deus tem nada lhe falta: Só Deus Basta!” E desta linda oração podemos destacar que “a paciência tudo alcança”. Todavia, para alcançar esse “tudo”, precisamos de muita fé, amor e esperança. Precisamos aproveitar das situações adversas para ofertar a Deus e exercitar a paciência em vista da principal meta: a eternidade, pois ser paciente é uma via segura que conduz à santidade!

Não se desespere

Ressalte-se, entretanto, que a paciência do cristão não é vazia nem significa inação, resignação ou perda de tempo, mas sim confiança e certeza de que tudo está nas mãos do Deus Todo-Poderoso, que tudo sabe e tudo pode fazer.

Assim, quando o sofrimento se faz presente, é preciso não se desesperar, mas aceitar com paciência, como um caminho de santificação, mantendo sempre o sorriso nos lábios. Ninguém perde por esperar! Ninguém será discípulo de Cristo se não estiver pronto a carregar a sua cruz, todos os dias (cf. Lc 9,23); e ninguém carregará sua cruz, como convém, sem paciência. Jesus sofreu tudo pacientemente. Jesus é o modelo dessa virtude. Sofreu tudo em silêncio, sem ofender, sem revidar, sem blasfemar. Sofreu pagando o mal apenas com o bem. Maria, nossa Mãe, é a mulher da paciência. Sempre soube esperar os desígnios de Deus se cumprirem, sem se afobar, sem gritar, sem reclamar… A paciência é amiga do silêncio e da fé.

Uma coisa é certa: sem esse exercício não chegaremos à humildade, ao despojamento, à pureza, à mortificação, à mansidão, à bondade, à santidade. Por isso é preciso pedir esse fruto ao Espírito Santo (cf. Gl 5,22) e exercitá-lo a cada momento. É a virtude que nos levará para o céu e por isso incessantemente devemos suplicar ao Senhor essa virtude, pedir essa graça ao Espírito Santo e perceber que Deus nos concede essa virtude aliada à prática. Nosso Senhor, em sua infinita sabedoria, nos proporciona ocasiões para que sejamos pacientes. O hábito faz a perfeição! Então, aproveite as oportunidades que o Senhor lhe concede e pratique a paciência.

Gabriela da Silva
Consagrada na Comunidade Católica Pantokrator

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.