Anjo da Guarda: uma devoção só para as crianças?

Sempre que se fala de Anjo da Guarda, a primeira imagem que vem à mente é de criancinhas sendo cuidadas por anjos, criancinhas que aprenderam a rezar a seu Anjo pedindo proteção. Mas, será que a devoção ao Anjo da Guarda é só mesmo para crianças? Seria ela apenas um recurso didático em linguagem infantil para que a criança seja iniciada na vida espiritual?…

Vou enviar um anjo adiante de ti para te proteger no caminho e para te conduzir ao lugar que te preparei” (Ex 23,20). Esse trecho da Sagrada Escritura compõe a Liturgia da Palavra da Festa do Anjo da Guarda que a Igreja celebra dia 02 de outubro, e já nos indica que não se trata de algo restrito às criancinhas…

A Igreja ensina que a guarda de cada batizado está confiada a um Anjo do Senhor, a fim de conduzi-lo pelo caminho da salvação. São Basílio Magno, que viveu no séc. IV († 379), afirma que “cada fiel é ladeado por um anjo como protetor e pastor para conduzi-lo à vida.”

O Anjo da Guarda, de fato, é um presente particular do amor de Deus. Deus não só envia seus Anjos em certas ocasiões e para fins particulares, mas também lhes confiou nossa proteção desde o primeiro instante de nossa existência e incumbiu-lhes de velarem pela nossa salvação. Então, não é algo que fica restrito ao universo infantil, mas o Anjo da Guarda nos acompanha por toda a nossa existência, um auxílio mais que oportuno.    

O Anjo da Guarda é um ser superior a nós, uma presença santa ao nosso lado que age para o nosso bem, para a nossa santificação, pois ele deseja o nosso bem mais que nós mesmos. O Anjo da Guarda existe para isso; assim agindo, ele cumpre a finalidade para a qual foi criado.

… o texto continua após a imagem….

Qual a importância de recorrermos ao Anjo da Guarda?

Deus conhece todas as nossas qualidades e as nossas fraquezas, a nossa vocação e nossas provas, nossa cruz e a glória que nos será destinada. Foi prevendo tudo isso que desde toda a eternidade, Ele escolheu nosso Anjo da Guarda; Deus o escolheu para você e escolheu você para ele.

O Anjo da Guarda é nosso melhor e mais fiel amigo, o único que, junto com Jesus Cristo e a Virgem Santíssima nos acompanha e ampara ininterruptamente durante toda a nossa existência.

Podemos fazer uso de uma analogia para bem compreender o que significa o Anjo da Guarda em nossa vida: você é para seu Anjo da Guarda como um “talento” que lhe foi confiado, e que ele deve devolver a Deus, no final de sua existência, multipicado por cem.

O Anjo da Guarda se dedica incansavelmente, dia e noite, a zelar pelo nosso bem e pela nossa salvação eterna. Sem desanimar, ele se esforça pela nossa purificação, iluminação e perfeição: a purificação nos conduz à paz; a iluminação nos leva à verdade; e a perfeição nos impulsiona ao amor.

Os Anjos são espíritos puros. Eles têm inteligência e vontade e agem de várias maneiras a fim de nos guiar, influenciar e proteger. Não é apenas permitido, mas também muito bom e louvável que aprendamos a invocar nossos Anjos guardiães e a reconhecer suas inspirações.

O Anjo da Guarda é o auxílio preciso contra os espíritos malignos que nos tentam e nos hostilizam; por sua condição de ser espiritual, ele pode reconhecer com facilidade o demônio e expulsá-lo com a força da Graça.

Vemos, assim, que não convém dispensar nem desprezar esse auxílio oportuno que Deus nos concede.

Com sua ajuda, seremos capazes de guardar a fidelidade a Deus.

Aquela oração ao Anjo da Guarda, rezada pelas crianças, tem eficácia na vida dos adultos?

Santo Anjo do Senhor, meu zeloso guardador, a ti me confiou a piedade divina. Sempre me rege e guarda, governa e ilumina. Amém”. Nas reuniões gerais dos bispos durante o Concílio Vaticano II (1962-1965), rezava-se essa oração… Essa oração tem grande eficácia em nossas vidas, sim. Precisamos tirar o estigma de que se trata de uma oração pueril, que não tem mais por que ser rezada quando nos tornamos adultos. Ledo engano… O Anjo da Guarda nos inspira bons pensamentos, bons propósitos e boas ações, ou seja, tudo que nos possa conduzir para a vida eterna. Muitos santos viveram fortes experiências da proteção e do cuidado de seu Anjo da Guarda.

Mas, o Anjo nos favorece na medida em que confiarmos nele e a ele nos abrirmos.

Deus, nosso Pai, destinou a cada um de nós um Anjo para nos proteger, com seu auxílio e vigilância, a fim de não cairmos nas ciladas dos inimigos e repelirmos seus ferozes ataques contra nós; para que, sob a sua direção, possamos conservar-nos no caminho reto e que nenhum ardil de Satanás nos faça desviar do rumo que leva ao céu. É, de fato, uma ajuda indispensável.

São muitas as coisas pelas quais devemos dar graças a Deus por nosso Anjo da Guarda.

Um amor tão fiel somente pode ser correspondido com fidelidade, amor e confiança…

Pela ação do nosso Anjo da Guarda, nós nos tornamos mais firmes e resolutos para acolher a Graça de crer firmemente em Deus, confiar ainda mais nEle e amá-lO com fervor, bem como agir com caridade com nosso próximo.

Rezemos diariamente a oração ao Santo Anjo da Guarda. Estejamos sempre abertos à sua ação, confiando em sua presença amiga, partilhando com ele nossos pensamentos e projetos, desejando receber suas iluminações, dando-lhe oportunidade de se manifestar em nosso auxílio… Enfim, vamos manter com ele verdadeiras relações de amizade, pois o que ele mais deseja é ser nosso amigo e companheiro!

Kátia Maria Bouez Azzi
Consagrada da Comunidade Católica Pantokrator, Teóloga e Filósofa

GOSTOU? COMPARTILHE EM SUAS REDES SOCIAIS!

Tags: , , , ,

Category: Artigos Pantokrator

Deixe um comentário

Eventos Campinas Informações