Ano novo iniciando, e o cumprimento das metas?

0

As festividades de final e início de ano trazem para nós inúmeras emoções. Cresce em nós o alívio do fechamento de um ano e além da conclusão de um limite temporal, há o fechamento de um ciclo pessoal que traz a perspectiva de algo diferente e novo que há de acontecer. Com isso é característico fazermos uma análise e uma autorreflexão, de tal forma que surge desse processo a elaboração de metas a serem traçadas no ano que se inicia.

Tal ação é sadia e necessária, pois nos coloca em contato com o modo que vivemos e como queremos viver o ano que já está chegando. É um momento de pensar na vida e de como a vives. Porém é comum – quando passado o entusiasmo com tais perspectivas de início de ano – que essas metas caiam em nosso esquecimento e nos desencorajamos de cumpri-las.

Esse é nosso maior erro! Temos emoções e ideias boas, com determinações pessoais, sociais e espirituais que visam nosso crescimento e uma melhora, porém parece que isto vai se esvaziando, aos desanimando com passar do tempo. A emoção é saudável e necessária – planos e projetos são fundamentais –, mas primeiro é preciso reconhecer que essas metas deverão ser assumidas em cada dia da vida, saindo do campo das emoções e do desejo para serem cumpridas no real e concreto do dia a dia.

Devemos criar estratégias para não nos esquecermos das metas e refazer sempre que possível uma análise daquilo que já foi atingido e do que ainda precisa ser alcançado.

Podemos listar aqui algumas dicas para te ajudar neste momento

O primeiro passo é traçar metas práticas e concretas, sem planos grandiosos que nunca serão atingidos. Quanto mais próximo da sua realidade, mais efetivo será seu processo de crescimento. Ao traçar as metas, garanta que elas sejam transcritas em uma folha de papel. Um modo de concretizar seus planos: numere-as em ordem de prioridade ou por facilidade de serem atingidas.

Um segundo momento é o de colocar prazos estimados para cada uma delas. Importante planejar do momento no qual conferir se atingiu ou não os resultados. Além disso é fundamental buscar ajuda e meios para atingi-las. Coloque, mais uma vez, no papel um caminho para atingir e permanecer nos seus objetivos. Em muitos casos esse propósito precisará do auxílio de um profissional, por exemplo: se emagrecer é uma das metas, a ida a um nutricionista se faz importante para alcançar tal ponto.

Mas é importante saber que este é um momento favorável para ação de Deus em nossas vidas. Tempo de rever ações feitas e planejar tantas outras necessárias para que tenhamos uma vida em Deus e em comunhão com os irmãos. Se abra a novas possibilidades, mas assuma cada uma delas em sua vida neste novo ano.

Júlio Della Torre
Postulante da Comunidade Católica Pantokrator 

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.