Aumentai a minha fé

3

“Aumentai a minha fé” é o pedido de cada apóstolo à Jesus! Sim, Jesus veio nos revelar o Amor do Pai! E crer nesse amor é o que nos traz a salvação!

Diz a Sagrada Escritura que aprouve a Deus, na Sua bondade e sabedoria, revelar-Se a Si mesmo e dar a conhecer o mistério da Sua vontade (cf. Ef. 1,9). Em virtude desta revelação, Deus invisível na riqueza do Seu amor fala aos homens como amigos (cf. Ex. 33, 11; Jo 15,14-15) e convive com eles.

aumentai a minha fé

A revelação

O que sabemos acerca de Deus foi por Ele mesmo revelado. A mente humana jamais conceberia por si mesma a realidade da Santíssima Trindade, um único Deus em três Pessoas, bem como a Encarnação do Verbo Eterno. Deus deu ao homem a capacidade para compreender a Sua Revelação. Ele Se revela, Se manifesta a nós, para que O conheçamos e O amemos, e assim possamos participar de Sua vida divina e ter comunhão com Ele. A fé vem pela escuta da Palavra (cf. Rm 10,17). Fé é a resposta de adesão, de acolhida do homem à Revelação. Mas essa fé, à medida que vai encontrando espaço em nós, deseja compreender cada vez mais o seu objeto. Assim, surge à teologia, o estudo das verdades de nossa fé, expressas na Doutrina Católica.

… o texto continua após a imagem…

 

Aumentai a minha fé – O ensinamento da Igreja

A Santa Igreja sustenta e ensina que Deus, princípio e fim de todas as coisas, pode ser conhecido com certeza pela luz natural da razão humana a partir das coisas criadas. Sem esta capacidade, o homem não poderia acolher a revelação de Deus. O homem tem esta capacidade por ser criado à imagem de Deus (cf. Catecismo da Igreja Católica, 36). Por isso deve sempre pedir ao Senhor, como sempre fizeram os cristãos: “Aumentai a minha fé!”.

Ensina a Fé Católica que, mediante a razão natural, o homem pode conhecer a Deus com certeza a partir de suas obras. Mas existe outra ordem de conhecimento, que o homem de modo algum pode atingir pelas suas próprias forças: a da Revelação Divina. Por uma decisão totalmente livre, Deus se revela e se doa ao homem. Revela Seu mistério, Seu projeto benevolente, que concebeu desde toda a eternidade em Cristo em prol de todos os homens. Revela plenamente Seu projeto enviando Seu Filho, nosso Senhor Jesus Cristo, e o Espírito Santo (cf. Catecismo, 50), com a finalidade de que o homem tenha comunhão com Ele, participando de Sua vida divina. Clame ao Senhor sem cessar: “Aumentai a minha fé!”. Peça isso a todo instante! E busque sempre conhecer e aprofundar na fé!

Como compreender a Verdade revelada por Cristo?

Para compreensão das verdades reveladas, a Igreja cuida que a Revelação Divina possa ser conhecida e estudada, por meio da Fé Católica, a fim de que possamos penetrar profundamente nessas verdades, e façamos delas alimento da vida espiritual, para vivermos de conformidade com elas e alcancemos a nossa salvação e santificação.

A Fé da Igreja se organiza em grandes áreas do conhecimento de Deus:

– Preliminarmente, introduz-se o estudo doutrinal com o tema da Revelação Sobrenatural que parte do Deus Criador.

– A Palavra de Deus contida na Sagrada Escritura merece atenção particular, por conter toda a história da nossa salvação e particularmente pela complexidade de sua interpretação, que só pode ser eficaz sob a orientação do Magistério. A compreensão da mensagem dos livros sagrados exige estudos de disciplinas auxiliares, como os idiomas bíblicos, a arqueologia bíblica, a cultura dos diversos povos contemporâneos etc., partindo do entendimento da inspiração divina na redação dos textos bíblicos.

– A compreensão dos dogmas da nossa fé relativos: a Deus diretamente, nas três Pessoas divinas, que são estudadas com abordagem específica; aos sete Sacramentos, instituídos pelo próprio Cristo, nos quais Ele mesmo age pela força do Espírito Santo; à Virgem Santíssima e seu papel na história da salvação; à existência da realidade angélica (Anjos); à vida eterna, o purgatório e o inferno (Escatologia); à realidade da Igreja de Cristo, sua natureza e missão (Eclesiologia); à Criação como manifestação de Deus.

– Ligada em grande medida aos Sacramentos, estuda-se a Sagrada Liturgia e sua fundamental importância na espiritualidade cristã, bem como seus princípios e elementos.

– A Moral Cristã é outro grande campo de estudo da fé Católica, cuja fonte é igualmente a Revelação contida na Sagrada Escritura. Nesta área nos debruçamos a estudar a queda de nossos primeiros pais, o pecado original, bem como a realidade do pecado em nossa vida e a obra redentora operada por Cristo, bem como a vida da Graça. Descobrimos que Moral Cristã nada tem a ver com restrição da liberdade humana, mas ao contrário, ela existe para nos manter livres, na liberdade que Cristo conquistou para nós.

– Espiritualidade e Vida de Oração são outro tema que se destaca. Há toda uma orientação da prática da vida cristã que nos insere no crescimento na conversão e busca de santidade.

– Uma disciplina complementar e não menos importante é a História da Igreja, que nos remete ao desenvolvimento da compreensão da Revelação ao longo do tempo, fazendo-nos perceber a ação de Deus na história humana.

A importância de buscar o conhecimento

Destacamos aqui os campos de estudo que dizem respeito diretamente à vida do fiel leigo e sua prática cristã, mas há outros ainda.

Com isso percebemos que Deus caminha conosco em nossa história. Deus não nos criou simplesmente e nos deixou ao nosso próprio cuidado. Ele permanece conosco, conduzindo-nos e elevando-nos até Ele, se assim o permitirmos. Quanto mais conhecermos sobre a nossa fé, melhor poderemos vivê-la. Peça ao Senhor: “Aumentai a minha fé!”. Peça isso a todo instante! E nunca deixe de se aprofundar e conhecer a Verdade!

O conhecimento da Verdade, no fundo, é um desejo do coração humano, que anseia por algo maior que ele mesmo, ainda que não tenha clara consciência disso. É o clamor que vem de dentro: “Aumentai a minha fé!”. Somente Ele nos satisfaz. Quanto mais compreendermos quem Deus é, mais saberemos quem nós somos. E poderemos dizer: “Reconheço-me por aquilo que sou, uma criatura frágil, feita de terra e destinada à terra, mas também feita à imagem de Deus e destinada a Ele” (Bento XVI). Porque fomos feitos por Ele e para Ele, nosso coração não descansa enquanto não voltarmos a Ele.

Kátia Maria Bouez Azzi
Consagrada da Comunidade Católica Pantokrator, Teóloga e Filósofa

3 COMENTÁRIOS

  1. Ótimo texto.

    Profunda reflexão sobre nossa fé, por muitas vezes achamos que basta dizer:”eu tenho fé” e nossas súplicas serão atendidas.Somente isto não basta, é preciso estudar para conhecermos a Palavra e a doutrina católica, pois assim podemos vivê-la e transmiti-la de forma adequada.

    Senhor, aumentai a minha fé.
    Amém!!!

  2. A Paz!
    Quero colocar aqui a minha alegria em ler este conteúdo. Sempre fui católica mas, não sabia o que era ser católico porém, desde que fiz seminário de vida no Espírito o Senhor tem me mostrado muitas coisas e com sede, tenho buscado respostas e orientações de qual nunca achei um caminho tão claro e direto quanto o descrito e orientado aqui. Um mapa a ser seguido de forma desafiadora. Muito Obrigada minha irmã. Deus a abençoe e a toda Comunidade. Fiquem na Paz do Senhor.

    Ales Karla.

    • A paz Ales,
      Ficamos felizes que nossos conteúdos de alguma maneira tem lhe ajudado em sua caminhada com Deus.
      Conte com as nossas orações e reze por nós.
      Abraços Fraternos.

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.