Como ser uma pessoa humilde?

1
humilde

Escute aqui a transcrição dessa matéria

Vivemos num tempo em que é muito difícil ver pessoas buscando com todas as suas forças viver na humildade. Muitas vezes a humildade é confundida com falta de ação, ser fraco, ser mole. E na verdade, não é nada disso.

Ser humilde não nos traz nenhum sentido negativo e não nos faz ser menos do que os outros de maneira pejorativa. Simplesmente nos faz mais simples e nos permite agir de maneira coerente com a Palavra do Evangelho. Ser humilde nada mais é do que se saber pequeno, diante da grandeza de Deus. Justamente por isso, nos fazemos pequenos diante das situações cotidianamente vividas com outras pessoas. Isso não deve nos agredir e nem nos fazer se sentir em desvantagem.

Aliás, quando nos abrimos a viver essa humildade, conseguimos entender muitas coisas que Cristo nos pede. Muita coisa deixa de ser difícil e se torna acessível.

A humildade eleva o coração, nos aproxima do projeto inicial de Deus para cada um de nós. Deus nos criou para sermos dependentes d’Dele e do Seu amor. Quando agimos assim, conseguimos alcançar a felicidade plena em nossas vidas. Reconhecemos então, que para ser o que somos, dependemos d’Aquele que “É”! É na humildade que conseguimos reconhecer que sem Deus não somos nada. Quando confiamos em Deus e nos abandonamos em Suas mãos, podemos então viver uma experiência de amor profundamente celestial!

A partir do momento em que agimos assim, podemos viver de uma maneira mais simples, livre e acima de tudo, debaixo da graça de Deus.

É preciso entender que tudo o que somos e temos nos foi dado por Deus. Os nossos talentos, os nossos dons, os nossos sucessos, tudo vem d’Ele. Se não entendermos isso, corremos o risco de nos acharmos bons demais, competentes demais, inteligentes demais, nascendo aí o orgulho que nos afasta completamente de Deus e nos desvia do caminho que Ele desejou para nós.

A humildade nos aproxima de Deus

Ser humilde nos leva cada vez mais para perto de Deus! Através da humildade, cada um de nós pode reconhecer o próprio pecado e se abrir para pedir e para dar o perdão. Sendo assim a nossa convivência com as outras pessoas também fica mais fácil. Reconhecemos assim que não somos melhores que ninguém, e que todos merecem a nossa atenção, o nosso amor, o nosso doar-se.

A Palavra de Deus nos ensina sempre o caminho da retidão e do desejo do coração de Deus, mostra para cada um de nós, que devemos ser como crianças e depender em tudo de Deus.

e disse: “Eu asseguro que, a não ser que vocês se convertam e se tornem como crianças, jamais entrarão no Reino dos céus. Portanto, quem se faz humilde como esta criança, este é o maior no Reino dos céus.” Mateus 18:3-4

Mas como conseguir viver tudo isso? Como conseguir se fazer pequeno, diante das situações difíceis da vida? Tenho em meu coração a plena certeza de que tudo isso só é possível quando clamamos a graça de Deus! Sozinhos, nada conseguimos. Mas com Ele, tudo se torna possível! Não existe outro caminho, devemos nos colocar diante da presença d’Aquele que É, e com fé, clamar ajuda, força, unção!

Clamemos a Deus essa graça que nos fortalece nesse caminho e nos santifica cada vez mais. Ser humilde é uma grande dádiva de Deus, e grandes milagres acontecem a partir dessa decisão em nossas vidas.

Sejam completamente humildes e dóceis, e sejam pacientes, Suportando uns aos outros com amor.” Efésios 4:2

Com a oração a seguir, composta pelo Cardeal Merry Del Val, secretário do Estado do Vaticano, durante o pontificado de São Pio X, podemos pedir ao Senhor a graça da humildade de coração, alicerce da vida interior e remédio eficaz contra o pecado da soberba. Convido vocês a rezarem esta oração na certeza de que Deus nos ouve e vem em nosso auxilio.

“Jesus, manso e humilde de coração, ouvi-me. Do desejo de ser estimado, livrai-me, ó Jesus.
Do desejo de ser amado, livrai-me, ó Jesus. Do desejo de ser conhecido, livrai-me, ó Jesus.
Do desejo de ser honrado, livrai-me, ó Jesus. Do desejo de ser louvado, livrai-me, ó Jesus.
Do desejo de ser preferido, livrai-me, ó Jesus. Do desejo de ser consultado, livrai-me, ó Jesus.
Do desejo de ser aprovado, livrai-me, ó Jesus. Do receio de ser humilhado, livrai-me, ó Jesus.
Do receio de ser desprezado, livrai-me, ó Jesus. Do receio de sofrer repulsas, livrai-me, ó Jesus.
Do receio de ser caluniado, livrai-me, ó Jesus. Do receio de ser esquecido, livrai-me, ó Jesus.
Do receio de ser ridicularizado, livrai-me, ó Jesus. Do receio de ser difamado, livrai-me, ó Jesus.
Do receio de ser objeto de suspeita, livrai-me, ó Jesus.
Que os outros sejam amados mais do que eu, Jesus, dai-me a graça de desejá-lo.
Que os outros sejam estimados mais do que eu.
Que os outros possam elevar-se na opinião do mundo, e que eu possa ser diminuído.
Que os outros possam ser escolhidos e eu posto de lado.
Que os outros possam ser louvados e eu desprezado.
Que os outros possam ser preferidos a mim em todas as coisas.
Que os outros possam ser mais santos do que eu, embora me torne o mais santo quanto me for possível, Jesus, dai-me a graça de desejá-lo.”

Oremos:

Ó Deus, Vós que resistis aos soberbos e concedeis a graça aos humildes, concedei-nos a virtude da verdadeira humildade, de que a vosso Filho Unigênito foi tão perfeito modelo, a fim de que nunca provoquemos com o nosso orgulho e a vossa indignação, mas consigamos pela humildade os dons da vossa graça, por Nosso Senhor Jesus Cristo. Amém.

Tenho a certeza, meus irmãos, de que Deus já está agindo em nossas vidas através dessa oração! Se mantivermos essa oração na nossa vida cotidiana, Deus pode realizar maravilhas e o nosso coração pode alcançar a graça da humildade e muita coisa mudará em nossas vidas.

Que Deus nos abençoe nos proteja e nos guarde de toda falta de humildade! Amém!

Leila Engels
Consagrada da Comunidade Católica Pantokrator

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.

2 × um =