Embriagar-se do Espírito Santo

O Senhor deseja que sejamos plenos de sua graça. Cheios do Espírito Santo.

Nossa! O que significa isso: Embriagar-se do Espírito Santo?

Quando falamos de embriaguez, logo nos vem uma comparação com quem está bêbado. Quem é o embriagado? Dizemos que alguém está embriagado quando ele sai do controle. A pessoa alcoolizada fica mais leve, livre e alegre. Às vezes toma atitudes que em sã consciência não seria capaz de fazer. Ela se solta,dança,fala alto etc.

O que isso tem a ver com a embriaguez espiritual?

No Livro dos Atos dos Apóstolos vai dizer: “Ficaram todos cheios do Espírito Santo” (At 2,4). Naquele acontecimento, todos reunidos no Cenáculo com medo, após a morte de Jesus, encurralados, aconteceu algo de extraordinário: a ação de Deus sopra o Espírito Santo, Aquele prometido por Jesus: “E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Paráclito, para que fique eternamente convosco” (Jo 14,26). O Espírito cai sobre eles como em línguas de fogo e os toca profundamente.

….o texto continua após imagem….

O que acontece após essa ação do Espírito sobre os apóstolos?

É lindíssima a narrativa dos Atos dos Apóstolos: eles ficaram tomados de uma alegria profunda, o vazio, a tristeza e o medo da partida de Jesus se foram, caíram por terra.

Desta forma, aqueles discípulos tomados pelo medo se viram livres da morte e, movidos pelo Espírito, tomados por Sua ação, encheram-se de coragem, eles, que antes estavam trancados e acuados, agora são impulsionados a escancarar as portas e anunciar a Palavra de Deus.

Tanto que os que viram aquela cena, aqueles homens dançando e cantando, alegres, festejando a ação de Deus no meio deles, muitos diziam: “Estão todos embriagados de vinho doce” (Atos 2,13). Diziam porque viam a liberdade, a alegria daqueles homens, porque estavam tomados pelo Espírito Santo, dizendo coisas que pareciam loucuras, falando uma nova língua, sem medos ou preocupações.

Os discípulos deram livre acesso para que o Espírito Santo agisse profundamente no meio deles, tocasse em suas vidas, curando suas feridas e medos.

O Santo Espírito de Deus age ainda hoje no meio de nós também dessa forma. Estar embriagado do Espírito Santo é se deixar mover por Ele, é permitir que Ele entre em sua vida transforme todas as coisas.

É deixar que Ele te livre dos medos que te paralisam e oprimem, é se deixar ser usado por Ele assim como os discípulos imediatamente saíram para anunciar as maravilhas de Deus.

Além disso, deixar-se mover pelo Espírito Santo e ser completamente tomado por Ele é permitir que Ele faça de você um homem novo, convertido e transformado. Quando nos deixamos ser moldados pelo Espírito Santo também novas atitudes, novo comportamento passamos a ter.

Repletos da Graça

O Espírito Santo é capaz de controlar seu temperamento, suas atitudes, desde que você dê livre acesso a Ele. Sua ação  em nós gera frutos de conversão.

“Ao contrário, o fruto do Espírito é caridade, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, brandura, temperança” (Gl 5,22).

Talvez você lute há muito tempo com a irritação, a impaciência. Então, peça ao Espírito Santo que venha sobre você, que conduza sua vida, que toque o seu jeito de ser. Faça isso todos os dias: clame por Ele; Ele é o ajudador.

Tomados pelo Espírito Santo somos mais leves, felizes. Passamos a perceber isso no cotidiano de nossas vidas; vamos percebendo que temos mais sabedoria diante das dificuldades, mais paciência diante das irritações.

Assim, unidos a Ele, somos também capazes de sair de nós mesmos, do egoísmo, do fechamento, somos impelidos a ir aos outros, somos impelidos ao amor, a doação.

Tal como aconteceu na vida dos discípulos, Pedro, agora repleto do Espírito Santo, é ousado, não tem mais timidez e medo, levanta-se para anunciar. Não tem mais vergonha; é destemido, fora de si. Embriagado pelo Espírito Santo, ele é tomado de coragem para anunciar até mesmo diante daqueles que o perseguiam.

São Paulo vai dizer: “Nós somos loucos por causa de Cristo” (1Cor 4,10), tal foi a ação do Espírito Santo no meio deles.

Precisamos dessa embriaguez do Espírito Santo. Jesus quer nos encher do Seu Espírito, para vencermos nossos medos, tristezas, timidez.

Jesus quer que sejamos ousados, destemidos, fiéis, homens novos, novas criaturas transformadas pelo poder do Espírito Santo. Por isso, Ele derrama essa graça abundante em nossas vidas, para que sejamos plenamente felizes.

Sendo assim, não deixe para depois! Peça hoje mesmo essa Embriaguez do Espírito Santo; peça sem cessar.

“A minha alma arde e queima com a Tua chama incandescente e pura; ó Espírito Santo, consome-a no teu divino amor” (Santa Elisabete da Trindade).

Jaqueline Moreira
Consagrada da Comunidade Católica Pantokrator

GOSTOU? COMPARTILHE EM SUAS REDES SOCIAIS!

Tags: , , , , , ,

Category: Artigos Pantokrator

Deixe um comentário

Eventos Campinas Informações