Insegurança: posso vencê-la?

1

Você já se deparou com situações nas quais os sentimentos de insegurança e medo te impediram de dar passos importantes na sua vida ou interferiram de alguma forma em seus relacionamentos?

Se sua resposta foi positiva, gostaria de te convidar a refletir um pouco mais a respeito destes sentimentos que têm se tornado cada vez mais presentes em nossas vidas e que podem ser superados por meio de uma vida de oração constante e do autoconhecimento.

A insegurança, de forma mais ampla, está relacionada à nossa autoimagem, autoconfiança e autoestima.

Geralmente, quando temos uma imagem negativa a nosso respeito, quando na maioria das vezes nos sentimos incapazes para realizar algo novo e ficamos paralisados com o medo de errar, de nos frustramos novamente, quando não acreditamos no potencial que temos para o bem, para fazermos algo certo, nos vemos tomados pela insegurança.

Este sentimento tem forte relação com nossa história de vida, com fatos que vivenciamos em algum momento e que, mesmo que de forma inconsciente, tememos que se repita.

Por exemplo, uma criança exigida excessivamente e muito criticada por seus pais, pode se sentir muito insegura em assumir novas responsabilidades, pois teme que as exigências excessivas e as críticas se repitam e que não seja capaz de corresponder ao que lhe é pedido.

Quero que a Comunidade Pantokrator reze por minha insegurança!

Uma pessoa que teve sua confiança traída, pode se sentir insegura em se abrir aos outros ou em aderir a novos relacionamentos, por temer que isto se repita e que novamente seja frustrada e sofra.

Em sua vida, de que forma a insegurança te afeta? Quando este sentimento aponta, você tem sido capaz de enfrentá-lo e tem conseguido superá-lo?

Temos à nossa disposição duas armas muito eficazes, capazes de nos ajudar a enfrentar e a superar a insegurança: vida de oração e autoconhecimento.

Em Isaías 41, versículo 13, o Senhor nos diz: “Pois eu, o Senhor, teu Deus, eu te seguro pela mão e te digo: Nada temas, eu venho em teu auxílio”.

O encontro com Deus, que se dá pela vida de oração, é uma rica fonte de segurança para nós, pois Deus se revela como Aquele que é presente, que não nos abandona, que nos toma pela mão, como o auxílio que precisamos para enfrentar nossos medos.

Deus conhece o seu coração, os seus medos, as marcas de sua história. Ele sabe, também, de sua capacidade de superar suas inseguranças, pois Ele mesmo é a cura de seus traumas e medos.

Por isso, não perca tempo, busque o auxílio d’Aquele que te segura pela mão, que vem em teu auxílio e siga em frente! Acredite, em Deus você é capaz!

Você já teve a oportunidade de retomar sua história de vida e buscar compreender a origem de sua insegurança e medos? Você conhece sua personalidade, suas forças e fraquezas, seus dons e aquilo que você tem de oportunidade de crescimento? Como você se relaciona com os outros?

Um caminho sincero de autoconhecimento te ajudará a encontrar muitas das respostas para estes questionamentos. Este caminho é também essencial para você tomar consciência daquilo que constitui a sua insegurança e poder dar passos concretos de liberdade que, com certeza, contribuirão para que você tenha uma vida mais feliz, sabendo como lidar com as situações que constantemente te desafiam.

Que tal iniciarmos já este processo?

Nós queremos rezar por você, pedindo que o Espírito Santo, o Senhor e Amigo de nossas almas, seja a cura, o auxílio e a segurança que você precisa em sua vida!

Edvandro Pinto
Discípulo da Comunidade Católica Pantokrator

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.

um × um =