Quaresma – Tempo de liberdade!

0

O que é liberdade? Para esta pergunta podemos criar várias respostas e até pensar que é fazer aquilo que bem entendemos e achamos melhor para nós, porém ela está intrinsecamente ligada à verdade.

Sem a verdade não há liberdade!

Assim nos fala nosso querido Papa Bento XVI: A verdade se abre somente na liberdade, na libertaçãoLiberdade  e por isso liberdade e verdade estão intimamente ligadas, uma é condição para a outra”.

Para alguns, inclusive na cultura de hoje, liberdade é fazer aquilo que se quer, é ouvir a si mesmo e obedecer a si mesmo, todavia, é a capacidade de fazer a escolha certa, de escolher o que é bom, o que é belo, e tudo isso só podemos encontrar na Verdade que é próprio Deus.

Liberdade é comprometer-se com a fidelidade, é ter domínio de si mesmo que nos leva a uma auto-libertação interior e a quaresma é um tempo muito providencial para vivermos a verdadeira liberdade.

O Catecismo da Igreja Católica nos ajuda a entender melhor o que é liberdade quando diz que ela caracteriza os atos propriamente humanos” – § 1745. Diz ainda que “quanto mais pratica o bem, mais a pessoa se torna livre” – § 1733. A liberdade atinge a perfeição quando é ordenada para Deus, sumo Bem e nossa bem-aventurança.  

Cadastre-se grátis e receba todas as novidades do site por e-mail

Quaresma: tempo de experiência com o amor de Deus

A Quaresma é tempo propicio de fazermos uma forte experiência com o amor ciumento de Deus. A liberdade verdadeira vem da certeza de que somos amados profundamente por Deus. É saber que o amor d’Ele nos basta. Sem esta experiência, é impossível ser uma pessoa livre. Porque ser verdadeiramente livre consiste em abandonar-se confiantemente em Deus.

Que nesta Quaresma possamos nos encontrar com nosso eu mais profundo. Encontrar a nossa verdade, o motivo e a razão pela qual fomos criados e o que o Espírito Santo nos dê a graça de experimentarmos a liberdade interior.

Fábio Junior
Postulante na Comunidade Pantokrator

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.