Missa é o lugar de encontro com a Verdade e a Beleza de uma Pessoa

0

Mirian Silva
Discípula na Comunidade Católica Pantokrator

Um movimento chamado “M.I.S.S.A.” – Movimento dos Interessados em Sacudir Sua Alma – tem usado de estratégias sedutoras para atrair jovens e mais jovens, mas esses mesmos jovens, sedentos da Verdade e do Amor (ainda não estejam conscientes disso), têm o direito de saber o que de fato acontece numa SANTA MISSA.

Longe de encontros efêmeros como esse movimento promove, a MISSA na Igreja Católica Apostólica Romana propõe um encontro com a Verdade e com a Beleza de uma Pessoa, de um Homem capaz realmente de, não apenas “sacudir” nossa alma, mas de tomá-la e saciá-la dos desejos mais íntimos de felicidade que trazemos.

É o Cristo, Filho de Deus feito homem, que, cumprindo sua promessa de que estaria conosco todos os dias (cf. Mt 28, 20b), vem até nós diariamente através do mistério que vivemos na Santa Missa, um lugar sagrado onde o Amor e o amado se dão reciprocamente.

Missa ó lugar de encontro, do encontro com O amor… Lugar onde uma pessoa pode de fato se corresponder. De um lado, Cristo que se consome por amor a nós e se dá como alimento com Sua Carne e Seu Sangue; de outro lado, nós, desejosos de um amor verdadeiro, somos consumidos por um corpo que nos invade, de uma sensação de plenitude… Mais ainda que sensação ou emoção: a Verdade em plenitude. Uma comunhão perfeita do Amor com aquele que deseja ser amado!

Nosso Papa Bento XVI, em sua exortação apostólica “Sacramentum Caritatis”, diz sobre a Santa Missa:

“o Senhor vem ao encontro do homem, criado à imagem e semelhança de Deus (cf. Gn 1, 27), fazendo-Se seu companheiro de viagem. Com efeito, neste sacramento, Jesus torna-Se alimento para o homem, faminto de verdade e de liberdade. Uma vez que só a verdade nos pode tornar verdadeiramente livres (cf. Jo 8, 36), Cristo faz-Se alimento de Verdade para nós”.

 

E ainda…

 

“Na Eucaristia, Jesus não dá « alguma coisa », mas dá-Se a Si mesmo; entrega o Seu Corpo e derrama o Seu Sangue. Deste modo dá a totalidade da Sua própria Vida, manifestando a fonte originária deste amor: Ele é o Filho eterno que o Pai entregou por nós.”

 

O homem é criado para a felicidade verdadeira e eterna, que só o amor de Deus pode dar e, como é característica do amor, Deus nos dá a liberdade para escolhê-Lo ou não, mas nossa “liberdade”, ferida facilmente, se extravia e corre para outras fontes que não o Seu Coração: contudo, é na Missa que vivenciamos uma realidade de reencontro com a felicidade verdadeira e eterna. Na Eucaristia toda a plenitude, força e grandeza de Deus desce até nós e o céu, então, acontece em nós.

 

Quer experimentar o que uma MISSA pode fazer em você? Venha para a Igreja Católica Apostólica Romana. Todos os dias você tem um encontro marcado com Aquele que realmente quer saciar a sua alma!!!

Veja o video de divulgação desta festa que circula pelo canal Youtube.

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.

6 − 1 =