Não posso dar um passo se Deus não for comigo

0
passo

Escute aqui a transcrição dessa matéria

Hoje não podemos dar um passo fora de casa sem usar a máscara de proteção. Ficamos dependentes de uma série de cuidados de higienização devido à pandemia. Imagine se tivéssemos todo esse cuidado com a nossa vida espiritual! Se percebêssemos os perigos que a nossa alma enfrenta diariamente quando caminha sozinha… Tenho certeza que não daríamos um passo sem contar com o auxílio de Deus.

Bendito o homem que deposita a confiança no Senhor, e cuja espera0nça é o Senhor. Assemelha-se à árvore plantada perto da água, que estende as raízes para o arroio; se vier o calor, ela não temerá, e sua folhagem continuará verdejante; não a inquieta a seca de um ano, pois ela continua a produzir frutos” (Jr 17, 7).

Aquele que confia em Deus está enxertado na sua vontade e se alimenta da sua fidelidade. Quer proteção melhor do que obedecer a voz de Deus?! Mesmo em meio às dificuldades, o Senhor é o sustento, é a força necessária para prosseguir. Podemos testemunhar isso, na vida dos profetas e de vários homens e mulheres que não se deixaram conduzir pela sua própria vontade, mas se renderam à vontade de Deus.

Dê um passo na humildade

Santa Teresa nos dá a chave: a virtude da humildade, aquele que se sabe fraco e dependente. Já Santa Teresinha do Menino Jesus revela que a humildade atrai o olhar divino: “Deus resiste aos soberbos, mas concede a graça aos humildes” (Tg 4, 6). A carmelita Irmã Maria de Jesus Crucificado dizia: “Sem humildade estamos cegos, nas trevas; enquanto que com a humildade a alma caminha tanto de noite como de dia”.

Não há nada mais penoso do que caminhar no escuro

Se Deus não está conduzindo a nossa vida, então quem está? O mundo? O consumismo? O prazer? “Não temais aqueles que matam o corpo, mas não podem matar a alma; temei antes aquele que pode precipitar a alma e o corpo no inferno” (Mt 10,28). Infelizmente, muitas vezes, caímos nas investidas do inimigo e acreditamos que sozinhos conseguimos resolver todas as coisas. Em outros momentos, andamos errantes sem direção. E em outros, ficamos paralisados pelo orgulho.

Deixemos ser encontrados novamente pelo Bom Pastor; que Ele possa governar a nossa vida: família, trabalho, vocação, sonhos. Peçamos a graça ao Espírito Santo para que Ele leve a luz da Verdade ao nosso coração e expulse toda desconfiança e soberba. É o Espírito que intervém diretamente na nossa alma. Sozinhos não podemos!

Precisamos clamar incessantemente pelos seus dons. “Os dons são pra alma o que a vela é para o barco, que o esforço do remador faz avançar a custo. Chega o sopro da brisa favorável que infla a vela e o barco navega rapidamente para o seu destino, mesmo que cesse o esforço do remador”!1

Deus quer o nosso bem, Ele nos ama! Permitamos que a sua graça nos conduza a dar passos cada vez mais decididos rumo a sua vontade.

Andressa Aparecida da Silva
Consagrada da Comunidade Católica Pantokrator

  1. FREI MARIA-EUGÊNIO, Quero ver a Deus, p. 304.

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.

cinco × dois =