Home Artigos Pantokrator Nunca perca a capacidade de se importar com o outro

Nunca perca a capacidade de se importar com o outro

-

Temos instaurada hoje uma sociedade ditada pelo egoísmo, sustentada pela supervalorização do “eu” e pela evolução do individual. É claro que o ser, como indivíduo em sua singularidade, é primordial para a evolução do homem, seja do seu intelecto, da sua espiritualidade ou da sua vida profissional. Mas isso não é o tudo. A história não se constrói por narrativas egoístas e o homem não se constrói sozinho. Muito dos valores, do caráter e da índole de alguém está inserida na capacidade de se importar com o outro, de se doar por ele.

Hoje sofremos muito com tal incapacidade de empatia – de se importar e de se colocar na situação de alguém – e isso se dá pela desconstrução da sociedade cristã, que alicerça os seus valores em Cristo. Justamente Ele, que tanto Se importou com o homem, que foi capaz de dar Sua vida pela humanidade. Assim como Deus nunca deixa de Se preocupar conosco, nós, como cristãos, nunca devemos abandonar a nossa capacidade de nos atentar às necessidades dos outros.

Não é um exercício fácil

Sempre somos tentados a olhar apenas para “o nosso umbigo”; é muito mais confortável levar as nossas relações sociais na indiferença. Da mesma forma, tal indiferença traz, com a mesma facilidade, uma superficialidade de caráter e pobreza de espírito. Importar-se é amar. Importar-se é trazer Jesus para o outro; Ele não nos pede nada mais que isso.

Mas deve estar claro para nós que tal doação deve partir da contrição e pureza dos nossos corações, inteiramente por causa de Cristo. Não devemos nos sentir obrigados a nos importar ou pressionados por um sentimento de vaidade. Se for essa a nossa intenção, de nada vale. No outro encontramos Jesus e para o outro nós levamos Jesus.

Neste período de Quaresma, exercite tal capacidade de amar a Cristo através dos outros. É exigente, mas há uma grandeza em experimentar Deus através dos outros; é o cerne da vida cristã. Muitas vezes, a evangelização não acontece de maneira declarada; ela está implícita nos gestos, nas palavras e nos olhares… Muitos podem encontrar Jesus na sua capacidade de se importar.

Ana Clara Gonçalves
Engajada na Comunidade Católica Pantokrator 

3 COMENTÁRIOS

  1. Quantos seres humanos não sofrem por não ter alguém para desabafar sem ser julgado, por não ter alguém que se importe com ele. Falta um olhar com mais amor e sem críticas. Realmente estamos aqui para nos ajudar. Adorei o texto.

    • Olá Geusa, a paz!
      Exatamente, precisamos nos importar com os outros.
      Ficamos felizes que tenha gostado do texto.
      Estamos abertos a sugestões de textos.
      Deus abençoe, um forte abraço.

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.

EDIFICANDO A FÉ NOS CORAÇÕES

Ao tornar-se um Construtor da Fé você participa da Obra de Pantokrator e constrói a fé no coração de milhares de pessoas mensalmente atingidas pela nossa Obra. E ainda colabora na estrutura missionária e na formação dos sacerdotes da Comunidade Pantokrator.

Ao tornar-se um Construtor da Fé você participa da Obra de Pantokrator e constrói a fé no coração de milhares de pessoas mensalmente atingidas pela nossa Obra. E ainda colabora na estrutura missionária e na formação dos sacerdotes da Comunidade Pantokrator.

×