O relacionamento com Deus e as mídias digitais 

0

Que a internet e as mídias sociais são um fenômeno instalado em nossas vidas, ninguém tem dúvidas. Tão pouco que esses meios de comunicação vieram para trazer facilidade e rapidez, ultrapassando barreiras de espaço e tempo. No entanto, como essas “facilidades ” têm interferido no nosso relacionamento com Deus?

Digitando a palavra Deus em um site de busca, em 0,45 segundos ele me deu 391.000.000 resultados que falavam sobre Deus. Coisas como “quem é Deus”, ” frases de Deus ” e ” coisas que Deus fala para você “. Pesquisando sobre a expressão “O Senhor é meu pastor “, 774.000 referências me foram disponibilizadas em impressionantes 0,38 segundos. Em um único dia é possível visualizar dezenas de “posts” com referências bíblicas nas mídias sociais. Será que essa é uma forma de manter um relacionamento com Deus? Será que isso é ruim?

A facilidade e a rapidez com que temos acesso às informações não é ruim, isso pode nos ajudar muito, por exemplo, na evangelização ou no pastoreio quando precisamos buscar uma informação ou referência bíblica em meio à correria do dia a dia, entre outras coisas. Essas ferramentas podem e devem ser usadas a nosso favor.

No entanto a palavra nos adverte:
“Tudo me é permitido, mas nem tudo convém. Tudo me é permitido, mas eu não me deixarei dominar por coisa alguma”( I Cor6,12).

O problema está quando baseamos nosso relacionamento com Deus nesses momentos. Ou quando esperamos que Ele nos atenda na mesma velocidade do Google. Ou mesmo quando nossa referência de missionariedade em anunciar o evangelho seja o número de “likes”, compartilhamentos ou comentários que recebemos nos nossos “feeds”.

mídias
Não podemos ter um relacionamento com Deus da mesma forma que nos relacionamos com nossos seguidores ou esperar que Deus nos responda via WhatsApp e ficar decepcionado se Ele não visualizar a minha mensagem. O relacionamento com Deus precisa ir muito além dos “Apps”, das mídias sociais.

A Bíblia X Os Apps

Mais uma vez a facilidade e rapidez com que a internet nos entrega aquilo que queremos tem afetado também nosso relacionamento com a palavra de Deus. A bíblia impressa, de alguma forma, materializa aquilo que vem de Deus.

A desculpa da falta de tempo e o esquecimento tem nos levado cada vez mais a deixar a Bíblia de lado. É muito mais fácil e prático carregar o celular. E esse ninguém esquece, né!
Mas o manuseio das páginas e o tempo “gasto” na procura já é uma forma de abrir caminho ao que Deus quer nos dizer.

Quantas vezes não vamos atrás de um único versículo e acabamos nos interessando também pelos subsequentes, enquanto que a internet pode nos mostrar às vezes só aquela parte. Sem contar as inúmeras distrações que nos perseguem, como as notificações, as propagandas, as conversas e etc.

Não quero dizer que não podemos recorrer a estas ferramentas, mas sim que elas não podem ser a única forma que mantemos nosso relacionamento com Deus.
Sendo assim, procure reservar um momento hoje, pegue sua Bíblia e busque a Deus, se relacione com Ele, sem distrações, só você e Ele. Isso pode ser surpreendente.

Vanessa Cicera
Consagrada da Comunidade Pantokrator

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.