São João Paulo II e o grande ensinamento que ele nos deixou

0
São João Paulo II

Escute aqui a transcrição dessa matéria

Em 18 de Maio de 1920, nascia na Polônia Karol Wojtyla, por nós conhecido como São João Paulo II. Ainda jovem entrou para o seminário de forma clandestina, por conta da invasão comunista em seu país, e surpreendeu a todos ao responder sempre com amor mesmo quando tudo a sua volta se fazia violento e autoritário. Com sua espiritualidade mariana, adotou o lema “Totus tuus” ao ser ordenado bispo auxiliar de Cracóvia em 1958.

 Muito poderíamos falar sobre São João Paulo II, pois seus ensinamentos, principalmente a teologia do corpo, tornaram-se um grade tesouro para nossa fé e para a evangelização nos tempos atuais. Apesar de ter sido nomeado papa em 1978 e ter um dos pontificados mais longos, seus escritos ainda arrastam os jovens para mais perto de Deus e da verdade, e isso se dá através do seu testemunho de uma vida totalmente entregue às mãos do nosso Senhor. “O amor me explicou tudo” – disse ele – e nós aprendemos a seguir ao Senhor no caminho de amor que ele nos abriu.

Lembro-me que tinha seis anos quando todos em casa começaram a chorar e se lamentar porque nosso tão querido Papa havia falecido. Também me lembro vivamente como sua fama de santidade logo se espalhou e seu perfume pode ser sentido por todos seus filhos, nós, o seu povo. Esse foi verdadeiramente o pastor que apascentou suas ovelhas, e apesar da minha pouca idade já sentia que ele ainda olharia para sua amada esposa, a santa igreja, agora contemplando a face de Cristo. A ele, que tudo foi explicado pelo amor e que não soube dar outra resposta que não fosse amor, foi encontrado pela própria Virgem Santíssima para se unir ao seu amado. Como é lindo tocar a vida dos santos, mas principalmente como é lindo ter sido pastoreada por um homem santo.

Um homem santo!

Neste ponto, ele soube buscar verdadeiramente ser um homem santo, como podemos tocar em seus ensinamentos da teologia do corpo, na qual ele, inspirado pelo Espírito Santo, abre a nós a riqueza de nos vermos à imagem e semelhança do Criador, sendo homens e mulheres de verdade que esperam em tudo ser ensinados, também pelo Amor. Tão vasto ensinamento não pode ser resumido nas poucas linhas que me restam, mas posso afirmar que São João Paulo II resgatou a essência dos planos de Deus para nós no princípio e pôs em prática todos os desejos da sua alma esponsal, dar-se inteiramente aos homens em comunhão para, assim, estar em comunhão com Cristo.

Concluímos que São João Paulo II buscou, viveu e nos revelou o Amor! E podemos contemplar ainda de perto o que é capaz de realizar no mundo uma simples alma entregue a Deus, uma verdadeira revolução da verdade e da liberdade de ser filho de Deus e de servi-Lo servindo aos homens com generosidade, pois apenas um discurso seu foi capaz de reunir multidões e acabar com movimentos comunistas que aconteciam na Polônia. Seu silêncio diante do Santíssimo Sacramento fazia milhares de jovens adorem também em silêncio, sua presença era forte e real, seu olhar era paternal e seu amor devorador como o próprio Deus é para nós.

Tudo isso em obediência e humildade de ser apenas servo do nosso Senhor, sua vida é para nós um exemplo de que é possível ser santo e ser jovem. É possível ser resposta para os tempos em que vivemos, só precisamos ser livres para sermos ensinados No Amor, Pelo Amor e para o Amor.

São João Paulo II Rogai por nós! Juntos até o céu.

Tayná Barbosa
Postulante da Comunidade Católica Pantokrator

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.

18 − três =