Viver a prosperidade é um sonho de Deus para a sua vida!

Qual é seu maior desejo? Quais são os seus sonhos? Qual é a sua grande meta espiritual, familiar e financeira?

Sejam quais forem seus desejos e sonhos, Deus quer dar tudo que você precisa para ser feliz e santo!

A prosperidade, segundo a visão do Senhor, não é ser rico, nem implica em grande quantidade de bens materiais e financeiros. A prosperidade de Deus e a prosperidade do mundo são totalmente diferentes. O homem olha (cobiça, deseja, almeja) o que está diante dos olhos (bens materiais, dinheiro, posses), mas o Senhor olha para o coração (sentimentos que movem o homem, intenções, pensamentos).

É uma prosperidade que começa no interior, em uma nova forma de viver, agir, sentir e pensar e daí flui para fora (até mesmo em bens materiais). A prosperidade do mundo vem de fora para dentro, pois com o acúmulo de bens, posses e dinheiro, o interior do homem é mudado, a cobiça cresce e valores como lealdade, bondade e honestidade são deixados de lado.

Jesus não disse que Deus nos daria tudo que precisássemos e só depois deveríamos servir a Ele. Jesus é bem claro: “buscai em primeiro lugar o Reino de Deus” (Mt. 6,33). Aquele que busca o Reino de Deus e Sua vontade tem supridas todas as suas necessidades nas áreas espirituais, familiares, financeiras, profissionais, sentimentais, do bem estar físico e psicológico.

Deus supre em tudo e em todo o tempo, pois a obtenção de riquezas e bens materiais são apenas consequências na vida das pessoas que buscam primeiro o Reino e a sua justiça.

O Rei Salomão, enquanto andou em retidão na presença de Deus, foi um homem de grande sucesso, que viveu na prosperidade e na felicidade, segundo está escrito nas Sagradas Escrituras. E você também pode alcançar as realizações que tanto busca se viver sob a graça do Espírito Santo e buscar fazer a vontade de Deus para a sua vida, guardar os seus mandamentos, andar nos seus caminhos com fidelidade e amor, pois assim prosperarás em tudo quanto fizeres, e para onde quer que vá.

Prosperidade e sucesso

Uma história de sucesso e prosperidade deve ser apoiada em pilares de sustentação, que são as metas que se alinham com o objetivo maior da vida!

A sabedoria é um dos pilares de uma história de sucesso. Mas o que é sabedoria? Sabedoria é saber fazer, é conhecimento colocado em prática! Muitos se gabam pelo conhecimento que possuem. Mas conhecimento sem ação não vale nada!

A construção do sucesso se dá quando ninguém está vendo, na busca diária pela sabedoria, pela excelência. Não espere que Deus faça o que você pode fazer. É Ele quem dá o dom, mas a lapidação do dom é tarefa sua. A sabedoria de Salomão não foi apenas recebida de Deus, mas também foi buscada incessantemente por Salomão. O resultado, você já sabe: ele se tornou a principal referência bíblica em sabedoria e riqueza, dirigiu Israel por um longo período de paz e ordenou a construção do grande templo ao Senhor, também conhecido como Templo do Rei Salomão.

O autoconhecimento também é fundamental. Conhecer suas qualidades e limitações é um dos segredos para o sucesso! Reconheça quem você é e o que não sabe e busque saber! Há o sopro da vida de Deus em você, o Espírito Santo a te conduzir. Não há porque temer em assumir tudo que se é e os dons que se tem, nem as fraquezas e limitações que possui.

Entretanto, existem sonhos que demandam tempo e é preciso ter paciência para esperar, pois “para tudo há um tempo, para cada coisa há um momento debaixo do céu” (Ec. 3,1), mas com perseverança e confiança em Deus é possível usar o tempo a seu favor e ser firme mesmo se longa for a espera.

Prosperidade e adversidades

Além disso, imprevistos podem acontecer, mas é preciso aprender com cada um deles, eis que sobrevém a todos e trazem duas opções: se vitimizar ou crescer com eles e seguir em frente. Para alguns, viver os imprevistos é sinônimo de fracasso na vida, mas “sabemos que todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são os eleitos segundo os seus desígnios” (Rm. 8,28).

Desse modo, você pode olhar para as adversidades que tem enfrentado e desanimar, achar que para você, resta o sofrimento e a amargura. Por outro lado, você pode tomar esse versículo como verdade em sua vida e notar que todas as coisas cooperam para o seu bem, para o seu crescimento e promoção.

Imprescindível, no entanto, é saber o que se quer na vida e prosseguir coerentemente para o alvo. Por mais óbvio que pareça, muitos não conquistam nada de relevante por não saberem o que realmente desejam. Poucos sabem exatamente o que querem e, por isso, pulam de galho em galho sem se comprometerem firmemente com nenhum objetivo. É claro que existe tempo oportuno para mudanças, mas mudar a todo tempo é sinônimo de indefinição. Ser bem definido, saber exatamente o que deseja é necessário para Deus, na hora certa, fazer tudo acontecer e dar tudo que você precisa para ser feliz e santo.

Por fim, obter bens e riquezas não deve ser o objetivo dos cristãos, mas sim buscar a Deus, a vontade do Senhor e se submeter a ela para alcançar a salvação. As riquezas são consequência da obediência aos mandamentos, e o Senhor as entrega a cristãos fiéis, que não se tornarão gananciosos ou presunçosos ao receberem tal benção, que serão liberais para o Reino de Deus e para com os que são necessitados. Afinal, o propósito de Deus é que todos sejam salvos e ricos no céu e não na terra!

Gabriela Silva
Consagrada da Comunidade Católica Pantokrator

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.