Trabalhai para vossa Salvação

0

Você já deve ter visto aquela placa enorme diante de uma construção, em que geralmente está descrito o motivo da obra, o valor investido, o engenheiro responsável…Existe uma placa assim, na sua vida também! Nela está escrito:

Obra – sua salvação

Valor investido – o Sangue de Jesus Cristo

Engenheiro Responsável – Deus

“Trabalhai na vossa Salvação com temor e tremor… Porque é Deus quem, segundo o seu beneplácito, realiza em vós o querer e o executar.” Fl 2, 13.

trabalhai-para-vossa-salvacao

A nossa vida é um grande canteiro de obras do Senhor. Precisamos arregaçar as mangas e trabalhar. É Ele que nos dá a graça para lutarmos contra o pecado. O pecado faz ruir a nossas estruturas. Estrutura familiar – onde não há mais diálogo, amor, misericórdia, perdão. Estrutura Social – onde impera o individualismo, a lei de levar vantagem em tudo, a corrupção. Estrutura Física/Psíquica – quantos entregues aos vícios, à depressão…

Somos chamados a usar material de qualidade na nossa construção. “Fazei todas as coisas sem murmurações nem críticas, a fim de serdes irrepreensíveis e inocentes filhos de Deus íntegros no meio da sociedade depravada e maliciosa, onde brilhais como luzeiros no mundo a ostentar a Palavra da Vida.” Fl 2, 14-16

Temos que dar o nosso melhor aos outros. Mesmo que ainda sejamos aquela pedra bruta a ser lapidada. A lapidação acontece na entrega e na doação.

Obra dá trabalho mesmo! Faz sujeira, requer o nosso esforço, o nosso suor, muitas vezes, o nosso sangue e não importa se é uma pequena reforma ou uma grande construção. O valor investido é muito alto, não podemos desperdiçá-lo com o nosso desânimo frente às dificuldades. “Nenhum atleta será coroado se não tiver lutado segundo as regras. É preciso que o lavrador trabalhe antes com afinco se quer boa colheita. Entende bem o que eu quero dizer. O Senhor há de dar-te inteligência em tudo.” 2Tm 2, 5-7. É oração e ação! Na oração, o Espírito Santo nos ensina e nos conduz ao bem.

Ah! São Paulo, entendemos bem o que você quis dizer!!! As facilidades do mundo embargam as nossas obras. Não existe um botão que faça eu sair de mim; não posso deletar simplesmente aquela pessoa de que não gosto; não há uma fórmula mágica para a santidade. Por isso, nós nos frustramos e desistimos. Mas precisamos voltar o nosso olhar para o  projeto inicial. Somos cidadãos do céu; lá é o nosso lugar. Dê uma olhadinha para o arquiteto; dele não devemos desviar os olhos.

Coragem!!! Todo dia é um novo dia para recomeçar. Mãos à obra!!!

Andressa Costa
Consagrada Comunidade Pantokrator – Santos/SP

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.