Viver a doação

0

Em um mundo muito marcado pelo hedonismo, numa cultura que supervaloriza o prazer e o bem estar acima de tudo, se doar acaba sendo algo muito difícil. Sem percebermos muitas vezes vamos sendo impregnados por valores que nos colocam numa postura de querer sempre receber, com isso, viver a doação acaba sendo algo impróprio, inadequado, algo que aparentemente não nos traz retorno.

253CCD1FCAB6BD4C5A12EEA534398Fixados na ideia de que só seremos felizes se recebermos, desvalorizamos a grande virtude humana que é gratuidade, mas especificamente falando, a doação. E, com isso, deixamos de construir a fraternidade que é o sonho de Deus para fazer da terra o céu.

Somos seres autotranscendentes, criados para ir sempre mais além, todavia só podemos viver essa dimensão de autotranscedência se compreendermos e nos conscientizarmos que é pela doação que seremos capazes de romper as barreiras do egoísmo existentes em cada um de nós. Aprende-se a amar, amando!

Quando se fala de doação, pode nos remeter a pensar que só estaremos vivendo-a se fizermos grandes coisas, mas muito pelo contrário, as pequenas coisas nos faz descobrir o extraordinário de Deus em nossa vida. Ligar para alguém que talvez esteja precisando de nós, oferecer lugar para alguém sentar em um ônibus, desejar bom dia para as pessoas, oferecer algo de graça, fazer alguma caridade. Tudo isso são coisas simples, mas que nos torna mais humanos e mais filhos de Deus. Isso nos muda e transforma os outros e o mundo.

Através dos pequenos gestos vamos descobrindo o quanto somos capazes de viver o amor e quando percebermos, no ordinário de nossas vidas, estaremos amando de uma maneira extraordinária.

Às vezes achamos que não estamos preparados para nos doarmos, mas esquecemos de que é dando o primeiro passo que vamos crescendo em gratuidade e até mesmo em maturidade. O verdadeiro amor sempre será uma decisão. Não podemos esperar condições favoráveis para viver o amor, mas devemos vivê-lo em todo lugar, a toda hora, a qualquer momento. A cada minuto existe uma oportunidade de vivermos a doação. É sempre possível viver o amor em forma de doação.

Um gesto de amor pode mudar a história de uma vida e nunca perderemos nada em nos doar. Se receber algo é bom, dá é melhor ainda, pois nos leva a irmos mais além. Quanto mais nos doarmos, mais estaremos vivendo a finalidade da nossa existência.

A doação é a oportunidade da nossa vida, é a oportunidade também da pessoa que será privilegiada pelo nosso gesto de amor. Contudo, é importante salientar que a generosidade autêntica brota de um coração agradecido a Deus por tudo, por saber que não é merecedor de nada, mas recebeu tudo de graça por bondade de Deus, e por receber tudo de graça não tem o direito de reter o que lhe foi dado, mas coloca os dons que recebeu em comum para construção de um mundo melhor e dessa forma acontecerá o sonho de Deus – que é fazer da terra o céu.

Fábio Júnior
Consagrado na Comunidade Católica Pantokrator

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.