“Recebereis uma força, a do Espírito Santo, que descerá sobre vós e sereis minhas testemunhas”

0

Aconteceu em Sidney , na Austrália, a XXIII Jornada Mundial da Juventude de 2008. Com o tema: “Recebereis uma força, a do Espírito Santo, que descerá sobre vós; e sereis minhas testemunhas” At 1,8, a Jornada, que começou oficialmente no dia 15 de julho, foi encerrada no dia 20 com a celebração da Santa Missa presidida pelo Papa Bento XVI.

Podemos dizer que a Jornada começou em “grande estilo”: logo pela manhã do dia 15, o Papa Bento XVI enviou sua primeira mensagem de texto para o celular dos peregrinos: “Jovem amigo, Deus e seu povo esperam muito de você, porque você tem o dom supremo do Pai, o Espírito de Jesus – BXVI”. As mensagens estavam entre os serviços digitais que foram oferecidos pela primeira vez durante o evento, que visou estimular uma comunicação mais eficaz! Isso já era um sinal da grandeza do convite de Cristo, que desejava falar com cada jovem ali presente, pessoalmente!
Este convite atraente se estendeu na Missa de abertura da Jornada celebrada pelo Cardeal George Pell: “Qualquer que seja nossa situação, devemos rezar por uma abertura de coração, por estarmos dispostos a dar o próximo passo, ainda que tenhamos medo de nos arriscar demais. Se tomarmos a mão de Deus, Ele fará o resto. Confiança é a chave. Deus não falhará conosco”.
Dar passos? Sim. É próprio da juventude dar passos, fazer escolhas…escolher A Verdade, O Maior Bem… isso é escolher Cristo!
Escolhendo Cristo, gravamos a mensagem da Cruz em nossos corações e, O enfrentado os desafios, a levamos para o mundo que tem sede da Verdade, do Bem, da Vida e de Paz….
“… Cada pessoa deve se posicionar na velha batalha entre o bem e o mal, entre o que Paulo chama de Carne e Espírito. Não é suficiente estar apenas de passagem, tentado viver em cima do muro entre os dois lados. A vida os força a escolher, e eventualmente destrói qualquer possibilidade de neutralidade. Colheremos bons frutos ao aprender a mensagem da Cruz e gravá-la em nossos corações. A mensagem da Cruz nos traz os frutos do Espírito listados por Paulo, nos habilita a viver na paz e na alegria, a sermos sempre gentis e generosos com os outros. Seguir Jesus não tem custo zero, nem sempre é fácil porque requer resistir contra o que Paulo chama de “Carne”, o nosso contínuo ego inflamado, o velho egoísmo. Não desperdicem suas vidas sentados no muro, mantendo suas opções em aberto, porque só o comprometimento leva à satisfação. A felicidade vem do cumprimento de nossas obrigações, de fazer a nossa parte, especialmente em pequenas e cotidianas questões e então nos ergueremos para enfrentar maiores desafios.Muitos encontraram seu chamado para a vida nas Jornadas Mundiais da Juventude.”
Chamados para o compromisso, assumindo para si os valores do Evangelho! Após este instigante convite, os jovens presentes receberam em Barangaroo, às margens da Baía de Sidney, o Papa Bento XVI, que, como Pastor, mostra o meio de “descer deste muro”:
“Aproximai-vos do abraço amoroso de Cristo; reconhecei a Igreja como vossa casa (…) desde o dia de Pentecostes a Igreja é universal!
(…) Queridos amigos, a vida não é governada pela sorte, nem é casual. A vossa existência pessoal foi querida por Deus, abençoada por Ele, tendo-lhe uma finalidade. A vida não é uma mera sucessão de fatos experiências, por mais úteis que muitos deles se possam revelar. Mas é uma busca da verdade, do bem e da beleza. É precisamente para tal fim que fazemos as nossas opções, exercemos nossa liberdade e nisso mesmo, isto é, na verdade, no bem e na beleza, encontramos a felicidade e a alegria. Não vos deixeis enganar por quantos vos olham como meros consumidores num mercado de possibilidades indiferenciadas, onde a escolha em si mesma se torna o bem, a novidade se contrabanda com beleza e a experiência subjetiva suplanta a verdade. CRISTO OFERECE MAIS…ANTES, OFERECE TUDO! Só Ele, que é a Verdade, pode ser o Caminho e, consequentemente, também a Vida. Assim, o “caminho” que os Apóstolos estenderam até os confins da terra é a vida de Cristo. É a vida da Igreja. E a entrada nesta vida, na vida cristã, é o Batismo (…) No dia do Batismo, Deus introduziu-vos na sua santidade (cf. 2Pd 1,4). Adotados como filhos e filhas do Pai, fostes incorporados em Cristo. Tornastes morada do seu Espírito (cf. 1Cor 6,19)”.
O Papa colocou, ainda, que nosso coração está cansado de um mundo ambicioso, cheio de tédio, exploração, violência, mágoas, falsas promessas, falsos ídolos e de respostas parciais. Por isso, buscamos uma vida onde reine o amor, a partilha, a unidade e a liberdade que só encontra seu significado na verdade! “Esta é obra do Espírito Santo. Esta é a esperança oferecida pelo Evangelho de Jesus Cristo. Foi para dar testemunho dessa realidade que fostes regenerados no Batismo e fortalecidos com os dons do Espírito Santo na Crisma. Seja esta a mensagem que de Sidney levareis para o mundo!”
Partindo deste grande chamado, a Jornada contou com uma agenda lotada de eventos. Entre eles, catequeses, shows, peregrinações e Vigília Noturna (com direito a “dormir sob as estrelas”). Não podemos deixar de destacar, como um dos momentos mais marcantes, a Via-Sacra “viva”, encenada por 80 atores que fizeram parte da equipe organizadora do evento. O Papa Bento XVI fez a introdução das 15 estações da Paixão de Nosso Senhor e, através delas, convidou a juventude a rezar, pedindo a Deus que os livrasse dos vícios e da falta de amor! Este foi o momento da Paixão do coração de Jesus que se derramou sobre o mundo! A Cruz existente no logotipo da Jornada Mundial de 2008 trazia justamente este sentido… Paixão de Cristo… Amor de Cristo… Vitória da Cruz de Cristo na vida do jovem!
O Papa encerrou o evento convidando cada jovem a abraçar essa Vitória da Cruz, contando com a graça do Espírito Santo que se derrama gratuitamente como puro dom, para que busquem uma vida autêntica alicerçada na Verdade do Evangelho.
“Amados jovens, permiti que vos ponha agora uma questão. E vós, o que é que deixareis à próxima? Estais a construir as vossas vidas sobre alicerces firmes, estais a construir algo que há de durar? Estais a viver a vossa existência de modo a dar espaço ao Espírito no meio dum mundo que quer esquecer Deus ou mesmo rejeitá-lo em nome de uma falsa noção de liberdade? Como estais a usar os dons que vos foram dados, a “força” que o Espírito Santo está pronto, mesmo agora, a derramar sobre vós? Que herança deixareis aos jovens que virão? Qual será a diferença impressa por vós?”
O mundo precisa de uma “geração de cristãos, revigorada pelo Espírito” – dizia o Papa – “chamada a contribuir para a edificação dum mundo onde a vida seja acolhida, respeitada e cuidada amorosamente e não rejeitada nem temida como uma ameaça e, consequentemente destruída. Uma nova era em que o amor não seja ambicioso nem egoísta, mas puro, fiel e sinceramente livre, aberto aos outros, respeitador da sua dignidade, um amor que promova o bem de todos e irradie alegria e beleza. Uma nova era na qual a esperança nos liberte da superficialidade, apatia e egoísmo que mortificam nossas almas e envenenam as relações humanas. Prezados jovens amigos, o Senhor está a pedir-vos que sejais profetas desta nova era, mensageiros do seu amor, capazes de atrair as pessoas para o Pai e construir um futuro de esperança para toda a humanidade.”
Ufa… o que dizer depois de tal proposta??
Que a Jornada mundial da juventude não fique em Sidney, mas que pela força do Espírito Santo transborde para o mundo tão sedento desta água que carregamos em nós: A água do amor de Cristo. Que possamos assumir a responsabilidade, “vestir a camisa”, “descer do muro” e nos comprometer em “imprimir a diferença” na vida de cada um que se aproximar de nós e assim dar de beber ao mundo que tem sede de um Amor Maior!!
“Pela amorosa intercessão de Maria, Mãe da Igreja, que esta XXIII Jornada Mundial da Juventude seja vivida como um novo Cenáculo, para que todos nós, inflamados no fogo do amor do Espírito Santo, possamos continuar a proclamar o Senhor Ressuscitado atraindo para Ele todos os corações.” Santo Padre Bento XVI.

Edvane Michelon
Discípula na Comunidade Católica Pantokrator

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.