Que aconteceria se o PLC 122 – lei da homofobia – fosse aprovado?

0

Imagine a seguinte situação:

O professor do seu filho provoca os alunos com seu comportamento homossexual.

A criança chega em casa dizendo coisas estranhas.

Você não tem controle exato do que ela ouviu na sala de aula.

Então você resolve ir à escola e, depois de constatar que isso realmente aconteceu, pede para mudar seu filho de sala.

*O motivo:* você não quer que ele seja influenciado pelo ativismo homossexual do professor.

Com autoridade e desdém, o professor, ao saber do seu pedido, chama a polícia e ameaça colocar-lhe na cadeia.

Já pensou? Ir para a cadeia porque você não quer que o professor do seu filho o influencie com comportamentos homossexuais?

Qual o seu crime?

Obviamente, a cena descrita acima é fictícia, entretanto casos como o citado podem aparecer aos montes se o *PLC 122/2006 – Lei da Homofobia -* avançar no Senado, ir para votação e for aprovado.

saiba mais aqui: https://www.ipco.org.br/home/videos/cuidado-a-lei-da-homofobia-pode-chegar-na-sua-casa-e-na-sua-igreja/?origem=100

Este projeto de lei já estava arquivado.

Mas a Senadora Marta Suplicy o desengavetou com a assinatura de 26 senadores que querem permanecer anônimos.

Esse projeto de lei é tão impopular que os ditos Senadores têm medo de aparecer.

*Ele prevê que qualquer cidadão de bem possa ser preso, multado ou ter seu estabelecimento fechado apenas por tomar uma atitude, mesmo que pacífica, contrária ao comportamento homossexual.*

Os ativistas homossexuais vão fazer de tudo para aprovar essa lei.

Agora, veja mais esta barbaridade.

Para facilitar a aprovação de um projeto como esse, eles incluem no mesmo texto dar proteção especial contra a discriminação de crianças, idosos, deficientes e… homossexuais.

Mas espere aí!

Homossexuais?

Qual foi a classificação usada para os colocarem no mesmo patamar dos idosos, dos deficientes, das crianças?

De acordo com a Lei de Deus e a lei natural, praticar a homossexualidade é um vício.

Vamos permitir que uma minoria de ativistas se beneficie dos mesmos direitos de uma criança, de um idoso e de um deficiente?

Então eles, homossexuais, constituirão uma classe privilegiada na sociedade pelo fato de seguirem uma prática pecaminosa?

É claro que não!

Precisamos agir IMEDIATAMENTE.

Entre aqui e assine uma Carta de Protesto que enviaremos a todo o Senado Federal, pedindo o engavetamento da “Lei da Homofobia”.

Pense bem.

Se o Governo deve defender os direitos humanos, não pode aprovar um projeto de lei que viola o direito à liberdade de consciência, não é mesmo?

E nós não podemos ceder a eles e nem às imposições feitas pelos ativistas pró-homossexuais, uma minoria que quer IMPOR seus costumes à grande maioria da população.

Encaminhe também este e-mail para seus amigos, para que eles possam se juntar a esta causa.

Mas encaminhe *HOJE*.

Amanhã pode ser tarde.

Participe das redes sociais e espalhe esta notícia.

Quanto mais adeptos tivermos, menor chance de vitória terão os ativistas homossexuais.

Conto com seu apoio!

Mario Navarro da Costa

Diretor de Campanhas

*Instituto Plinio Corrêa de Oliveira*

www.ipco.org.br

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.