Apenas Deus é caminho seguro para encontrar plenitude de vida e de felicidade: Santo Padre aos participantes da 3a Assembleia Eclesial do Patriarcado de Veneza.

0

Veneza (Segunda-feira, 09-05-2010, Gaudium Press) Apenas Deus é “caminho seguro para encontrar plenitude de vida e de felicidade”. Porque “a autêntica realização do homem e a sua verdadeira alegria não se encontram no poder, no sucesso, no dinheiro, mas somente em Deus, que Jesus Cristo nos faz conhecer e nos aproxima”. O lembrete do Papa foi feito na tarde deste domingo na Basílica de São Marcos e dirigido aos participantes da 3 ª Assembleia Eclesial do Patriarcado de Veneza.

A figura de Zaqueu esteve ao centro da reflexão no discurso do Santo Padre aos participantes da assembleia. Segundo o pontífice, o exemplo de Zaqueu “supera e ajuda o homem de hoje a ultrapassar os obstáculos do individualismo, do relativismo”. O Papa pediu para ninguém “ter medo de andar contra a corrente para encontrar Jesus, de mirar para o alto para cruzar com o seu olhar”.

À comunidade eclesial, o Santo Padre exortou “avançar confiantes na trilha da nova evangelização, no serviço amoroso dos pobres e no testemunho corajoso dentro das várias realidades sociais”. Para os fiéis leigos, Bento XVI fez um apelo para que “tornem sempre e em todos os lugares razão de esperança” e contribuam com entusiasmo.

A “santidade”, continuou o Papa, não significa “fazer coisas extraordinárias, mas seguir todos os dias a vontade de Deus, viver verdadeiramente bem a própria vocação, com a ajuda da oração, da Palavra de Deus, dos Sacramentos e com o esforço cotidiano da coerência”. Porque “são necessários fiéis leigos fascinados pelo ideal e pela “santidade”, para construir uma sociedade digna do homem, uma civilização do amor”.

As jovens gerações também necessitam do testemunho de uma coerência humana e cristã, disse Bento XVI. Para isso, nas paróquias se deve aprofundar a dimensão da comunidade cuja fonte é a Eucaristia. “Sem ela – explicou o Papa – a fé e a esperança se apagam, a caridade esfria”. As paróquias devem se empenhar em “cuidar cada vez mais da qualidade das celebrações eucarísticas, especialmente as do domingo”.

Participaram da Assembleia eclesial do Patriarcado de Veneza cerca de mil representantes das paróquias do Patriarcado, dos movimentos e associações eclesiais, dos religiosos e das religiosas, além das diversas Igrejas cristãs presentes na diocese.

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.