Home Notícias Igreja Conferência Episcopal da Venezuela divulga nota manifestando-se contra o uso da pílula...

Conferência Episcopal da Venezuela divulga nota manifestando-se contra o uso da pílula do dia seguinte

-

Dando continuidade a sua luta em favor da vida e contra a prática do aborto, a Conferência Episcopal da Venezuela, por meio de sua Comissão de Família e Infância, divulgou no início desta semana um comunicado contrário a pílula do dia seguinte. O fármaco possui um composto chamado levonorgestrel que impede a nidificação do óvulo fecundado ou embrião e produz um aborto químico precoce.

A nota do episcopado venezuelano foi emitida em decorrência de um artigo escrito pela jornalista Maria Denisse de Capriles do Jornal El Universal, em que critica um comercial de televisão que faz propaganda do produto. Concordando com a periodista, a nota da Conferência afirma que a promoção deste fármaco deixa aberta a ideia de que é lícito ter relações sexuais seguras sem perigo de procriação, ao oferecer a possibilidade de eliminar a vida de um ser humano já concebido.

“Isso é inadmissível do ponto de vista moral e legal, pois todo o ser humano, do momento em que tem início sua existência com a gravidez da mulher na concepção, possui uma dignidade e o direito que sua vida seja garantida (…)”, asseveram. Os bispos afirmam ainda que o uso de meios de intercepção é uma modalidade de aborto e “que na legislação venezuelana é sancionado como delito pelo Código Penal, e é, além disso, gravemente imoral”

Ainda sobre a propaganda, o comunicado sublinha que a promoção do fármaco anticoncepcional não informa “das graves consequências e os efeitos éticos, psicológicos e emocionais que sobrevirão às jovens quando tomarem consciência de ter provocado o aborto de seus próprios filhos”. Como forma de minimizar os estragos que podem se ocasionados por esse tipo de propaganda, os bispos afirma que os jovens necessitam de uma “reta educação na sexualidade começando pelos pais e seguindo pelas escolas e o Estado (…)”.

Por fim, os bispos fazem questão de salientar que o alerta dado por eles não é uma questão de religião nem de ideologias, “mas é o chamado ao respeito do primeiro e principal de todos os direitos humanos, como é o direito à vida, a qual exige ser respeitada e promovida desde o momento do início de sua existência com a concepção”, concluem.

Com informações da Rádio Vaticano.

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.

EDIFICANDO A FÉ NOS CORAÇÕES

Ao tornar-se um Construtor da Fé você participa da Obra de Pantokrator e constrói a fé no coração de milhares de pessoas mensalmente atingidas pela nossa Obra. E ainda colabora na estrutura missionária e na formação dos sacerdotes da Comunidade Pantokrator.

Ao tornar-se um Construtor da Fé você participa da Obra de Pantokrator e constrói a fé no coração de milhares de pessoas mensalmente atingidas pela nossa Obra. E ainda colabora na estrutura missionária e na formação dos sacerdotes da Comunidade Pantokrator.

×