Aquele que acredita estar em pé, cuide de não cair

0

Ó Deus, como são horríveis e perigosas as quedas dos que estão no alto da montanha! Porque desde que se começa a cair, rola-se até chegar ao fundo do precipício. Assim foram as quedas daqueles que, depois de terem recebido grandes graças, decaíram no serviço de Deus. Coisa estranha que alguém, depois de um começo tão bom, depois de ter permanecido trinta ou quarenta anos a serviço de sua divina Majestade, já na velhice, quando seria o tempo de colher o fruto de seu trabalho, chega a perder tudo, a precipitar-se no abismo da desgraça, como aconteceu com Salomão, da salvação do qual duvidam os Padres da Igreja, e de muitos outros que também abandonaram o bom caminho em sua velhice.

Cuide de não cair

Como é terrível cair nas mãos do Deus vivo! (Hb 10,31). Como são imperscrutáveis seus juízos! Aquele que acredita estar em pé, cuide de não cair, diz o Apóstolo, e que ninguém se glorie de ter sido chamado por Deus, nem de estar em algum lugar onde parece não ter nada a temer (Rm 11,20; 1Cor 10,12). Que ninguém se vanglorie de suas boas obras e pense que nada tem a temer, pois São Pedro, que havia recebido tantas graças de Nosso Senhor, e lhe havia prometido acompanhá-lo na prisão e até a morte, o negou ao mínimo assobio de uma criada; e Judas por uma soma tão irrisória de dinheiro, o vendeu.

(1er sermon pour le vendredi saint, IV, 435)

São Francisco de Sales

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.