Foi publicada a mensagem conclusiva do CELAM que aconteceu em Montevidéu, no Uruguai

0

Concluiu-se, neste sábado, em Montevidéu, no Uruguai, a 33ª Assembleia Ordinária do Conselho Episcopal Latino-americano (CELAM).

Foi publicada a mensagem do CELAM para todas as Igrejas na América Latina e Caraibas. “Recordando o apelo lançado pelo Papa Bento XVI a fim de que a Palavra de Deus seja cada vez mais o coração de toda a actividade eclesial, renovamos a nossa escuta ao Senhor, partilhada com fraternidade e alegria. Discernimos juntos, caminhar em comunhão com as nossas Conferências Episcopais a fim de que a acção evangelizadora no nosso continente seja a transparência viva do serviço de Jesus a todos os nossos irmãos, sobretudo os pobres e excluídos” – salientam os bispos.

“A evangelização do nosso continente, nestes tempos modernos, é um caminho contínuo e persistente que encontra portas abertas, mas também muitos obstáculos, como no tempo de Jesus” – salienta ainda o documento final do CELAM.

Na mensagem, os bispos recordam as vítimas da violência do narcotráfico. “Magoam-nos o facto de que as novas gerações estejam desiludidas com as instituições que perderam a sua credibilidade por causa da corrupção”.

“Como Igreja portadora da Vida do Reino de Deus, somos chamados a realizar uma nova evangelização, que faça erguer aqueles que caíram , inclua os excluídos da nossa sociedade, cure os feridos, responda ás pessoas que perguntam onde está Deus no meio das calamidades, restaurando a esperança da vida plena que brota de Cristo crucificado e ressuscitado” – sublinham os bispos.

O CELAM convida todas as Conferências Episcopais e todo o Povo de Deus a promoverem experiências do Evangelho, vivas e fortes

Rádio Vaticano

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.

1 × 3 =