“Não os esquecemos”, disse Cardeal Dolan a cristãos e yazidis no Iraque

0

O Cardeal Timothy Dolan, Arcebispo de Nova Iorque (Estados Unidos), visitou neste fim de semana a região de Dohuk no norte do Iraque, onde está a maior parte de refugiados cristãos e yazidis.

CardenalDolanenIrak_EliseHarrisACIPrensa_110416

Os yazidis são um grupo religioso minoritário no Iraque. São de origem curda e seguem a religião de Zoroastro. Por chamarem a sua divindade com a mesma palavra que os muçulmanos usam para “satanás”, são considerados por eles como “adoradores do demônio”.

Antes da invasão do Estado Islâmico (ISIS), a maioria dos yazidis vivia nas cidades de Mossul e Sinjar, localizadas na planície de Nínive.

Quando o ISIS atacou Sinjar, muitos yazidis escaparam atravessando as montanhas do deserto, sabendo que não teriam possibilidades de encontrar comida e água. Muitos, inclusive crianças, morreram de desidratação.

O Cardeal Dolan visitou o centro médico da Catholic Near East Welfare Association (CNEWA) e o campo de refugiados de Dawodiya. Ali há cerca de 2.200 pessoas dos quais 70 por cento são yazidis. O resto são cristãos, muçulmanos e membros de outras minorias religiosas.

O Cardeal também viajou à aldeia de Inishke, onde celebrou a Missa no rito caldeu junto a Dom Shlemom Wardoni, um dos três bispos auxiliares que colaboram com o Patriarca Louis Sako. Na Eucaristia estiveram presentes refugiados, fiéis sírio-católicos e representantes muçulmanos e yazidis.

Em sua homilia, o Cardeal Dolan disse que levava para todos uma mensagem que queria compartilhar com todos: “Amamos vocês… não os esquecemos”.

Atualmente, o Cardeal Dolan se encontra realizando uma visita pastoral à região do Curdistão iraquiano com o objetivo de oferecer apoio e solidariedade às famílias, líderes da Igreja, sacerdotes e religiosos que fugiram dos ataques que o Estado Islâmico executa no país desde 2014.

Por outro lado, o Cardeal também é Diretor da Catholic Near East Welfare Association. Na delegação o acompanham Dom William Murphy, membro da CNEWA; Dom John Kozar, presidente da CNEWA; e Dom Kevin Sullivan, Diretor executivo da caridade católica da Arquidiocese de Nova Iorque. O Grupo ACI também faz parte deste grupo.

Via ACI

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.

20 − 10 =