Indispensável solução pacífica para o conflito entre Costa Rica e Nicarágua

0

SAN JOSÉ, 30 Nov. 10 / 01:07 pm (ACI).- Os bispos da América Central reunidos na Assembléia Plenária do SEDAC (Secretariado Episcopal da América Central), pediram aos governos da Costa Rica e Nicarágua usar a via pacífica para superar a disputa fronteiriça pela ilha Calero e fortalecer a irmandade entre ambos povos.

“Consideramos indispensável para a superação de tal situação a via do diálogo assumido com sinceridade e responsabilidade”, expressaram os bispos ao final de sua Assembléia Plenária.

Os prelados solicitaram a ambos os governos “solucionar a discrepância no menor tempo possível. Deste modo colaborarão para fortalecer os próprios vínculos de história, cultura e amizade entre estes países irmãos e entre todos os povos da América Central”.

Em seu comunicado também pediram pelos migrantes. Denunciaram o trato desumano que recebem muitos deles nos países de trânsito e de destino. Indicaram que estes países e as nações de origem “temos responsabilidades” ante este fenômeno.

“Queremos reforçar o diálogo e a cooperação entre as Igrejas de saída, de trânsito e de acolhida, em ordem a dar uma atenção humanitária e pastoral aos que se mobilizaram”, expressaram.

O texto também abordou o problema da mudança climática, a insegurança cidadã e a corrupção. Indicou que este último “é um pecado pessoal e social ao mesmo tempo”, por isso “o fortalecimento do Estado de Direito constitui um freio efetivo” contra este flagelo.

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.

sete + 4 =