Atleta condena homossexualismo: ‘Não temos esse problema na Rússia’

0

Musa e idolatrada em quase toda a parte do mundo, Elena Isinbaeva surpreendeu o mundo nesta quinta-feira. A campeã mundial do salto com vara veio à público para defender a lei contra o homossexualismo que foi criada na Rússia e reclamou dos atletas que protestaram contra o preconceito no Mundial de Atletismo, que está sendo realizado em Moscou.

elena-isinbayeva

“Se permitirmos esse tipo de coisas, tememos muito por nossa nação porque nos consideramos normais, com um padrão. Nós apenas vivemos com homens ao lado de mulheres e mulheres ao lado de homens. Tudo deve ser assim. Isso vem da história. Nós nunca tivemos problemas assim na Rússia e não queremos ter problemas assim no futuro”, disse Isinbaeva.

“É desrespeitoso para com nosso país, com nossos cidadãos. Nós temos nossas leis e todos tem que respeitar. Quando vamos a outros países nós tentamos seguir suas regras”, completou.A Rússia aprovou em julho deste ano uma lei que proíbe qualquer ato de propaganda do homossexualismo. A regra causou diversas manifestações contrárias ao redor do mundo e gerou até a possibilidade de boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de 2014, que serão realizados na cidade de Sochi, também na Rússia.

No Mundial de Atletismo, a sueca Emma Green Tregaro começou uma campanha contra a lei anti-homossexualismo e participou das competições com as unhas pintadas nas cores do arco-íris, símbolo do movimento gay. Ao menos outras duas atletas da própria Suécia também participarão do Mundial com as unhas pintadas.

Fonte: ESPN

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.