Clima de tensão faz diminuir o número de peregrinos na Terra Santa

0

Na Terra Santa, diminui o afluxo de peregrinos, por causa do clima de tensão e das inspeções serradas nos postos de controle entre os Territórios Palestinos e o Estado de Israel. No domingo, cerca de 10 mil fiéis participaram da procissão do Domingo de Ramos, guiada pelo Patriarca latino de Jerusalém, Dom Fouad Twal.

O número está abaixo de uma média de 20 mil peregrinos que anualmente faz o caminho do vilarejo de palestino de Betfagé até a Cidade Velha de Jerusalém. Padre Marcello Gallardo, vice-chanceler do Patriarcado Latino de Jerusalém, disse à agência AsiaNews que “muitos cristãos de Belém e Ramallah não participaram na procissão, devido às poucas autorizações emitidas pelas autoridades israelenses, por ocasião da Semana Santa. Apesar das dificuldades – acrescenta – os peregrinos ainda são muitos e nos próximos dias visitarão os lugares santos da Paixão de Cristo”.

Segundo o sacerdote, o clima que reina entre os fiéis é de alegria e as pessoas estão vivendo com grande fervor e devoção o período da Páscoa. Padre Athanasius Macora, ex-diretor do Centro Cristão de Informação (CIC), explica que, em comparação aos anos anteriores, os lugares santos estão menos movimentadas. De acordo com o Centro alguns estrangeiros cancelaram suas reservas por causa da situação de tensão no Oriente Médio.

Rádio Vaticano

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.

15 + 13 =