O Papa Francisco expressa sua proximidade pelas vítimas do furacão nos Estados Unidos

0

O Papa Francisco expressa “a sua proximidade espiritual” aos atingidos pelo violento furacão que devastou os Estados do Texas e Lousiana, nos Estados Unidos.

Na mensagem assinada pelo Cardeal Secretário de Estado, Pietro Parolin, e endereçada ao Cardeal Daniel DiNardo, Arcebispo de Galveston-Houston e Presidente da Conferência Episcopal estadunidense, o Santo Padre diz estar “profundamente comovido pela trágica perda de vidas e a imensa devastação material” provocada “por esta catástrofe natural”.

O Pontífice assegura as suas orações “pelas vítimas e as suas famílias e por todos aqueles que estão empenhados em uma vital obra de socorro”, confiando que “as necessidades imensas e imediatas de assim tantos indivíduos e comunidades, continuarão a inspirar uma vasta corrente de solidariedade e recíproca ajuda nas melhores tradições da nação” estadunidense.

“Com estes sentimentos” o Papa “envia a sua bênção como penhor de consolação, força e paz no Senhor”.

Aumenta número de vítimas

E cresce o número de vítimas pela passagem do Furacão Harvey  que em 25 de agosto atingiu o Texas, acompanhado de violentas chuvas, inundações e ventos de mais de 200km/hora.

Segundo a CNN, os mortos seriam ao menos 37 e os cálculos dos danos indicam um valor superior a 160  bilhões de dólares. 17 pessoas estão desaparecidas. Muitas pessoas foram salvas, mas outras continuam presas em locais de difícil acesso.

O alarme mais preocupante chega da Central química da Arkema, próximo a Houston, onde ocorreram duas explosões.  O elevado nível das águas e a falta de luz não oferecem a possibilidade de intervir no local. Os funcionários foram afastados do local e a área evacuada, disse o Presidente da sociedade francesa Rich Rowe.

Em Lousiana, com o rebaixamento do furacão a “tempestade tropical”, foi decretado “estado de calamidade natural”, sendo agora acompanhada de intensas chuvas.

Via Rádio Vaticano

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.