Um forte terremoto de 6,5 graus atingiu o centro da Itália às 7h41 deste domingo, 30, causando grandes danos em diversas localidades das regiões de Úmbria e Marcas. Também foi sentido em Roma, atingiu a Basílica São Paulo Extramuros.

O epicentro foi entre as cidades de Castelsantangelo, Núrsia e Preci, à 10 km de profundidade, segundo informações do Instituto nacional de Geofísica e Vulcanologia. O sismo foi sentido em toda a Itália central. Na cidade de Roma, muitos vizinhos saíram de suas casas assustados e o metrô suspendeu temporariamente seu serviço como medida de precaução.

terremoto-italia

A agência de notícias Ansa, informou que a Basílica pontifícia de São Paulo Extramuros foi danificada após o terremoto. Sofreu inúmeras rachaduras, por isso, foi fechada ao público durante algumas horas a fim de preservar seu estado. Entretanto, já foi reaberta.

Não foram registradas vítimas mortais, embora a Defesa Civil tenha comunicado que há vários feridos devido aos diversos desmoronamentos de casas que foram gravemente danificadas pelos terremotos que ocorreram há algumas semanas.

A região mais afetada tinha sido parcialmente evacuada depois dos últimos tremores, o qual evitou uma tragédia. Em Amatrice, localidade severamente afetada pelo terremoto do último dia 24 de agosto, quando morreram aproximadamente 300 pessoas, a igreja de São Martinho foi destruída no último sismo, assim como a torre que é o símbolo da cidade que milagrosamente havia permanecido em pé em meio a tanta desolação.

Em Núrsia, localidade mais afetada pelo tremor que ocorreu ontem, a Basílica de São Bento e a Catedral de Santa Maria Argentea ficaram totalmente destruídas. Os monges da basílica informaram por meio de uma mensagem no Twitter que o templo havia sido totalmente destruído. Ao mesmo tempo, publicaram um comunicado no qual notificavam que estavam bem, “mas nossos corações estão muito afetados e estamos tentando averiguar se alguém precisa receber a extrema unção”.

Dentro da basílica, várias religiosas e fiéis que participavam da Missa ficaram presos. A equipe de bombeiros conseguiu resgatá-los, entre eles há seis pessoas com ferimentos leves.

A Basílica de São Bento foi construída entre os séculos XIV e XVI sobre uma estrutura anterior. Sua cripta é uma antiga construção do século I onde, segundo a tradição, viveu o santo. A Catedral de Santa Maria Argentea foi construída no século XVI, também edificada em cima de um templo anterior do período romano imperial.

Algumas horas depois do terremoto, os monges de Núrsia, junto com religiosas e vizinhos, se reuniram na praça localizada em frente à Basílica de São Bento para rezar comunitariamente.

Este terremoto aconteceu como consequência da ativação da mesma falha que provocou os terremotos de agosto e do dia 26 de outubro na mesma região.

Via ACI

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.