“Deus espera-nos sempre. Deus não se cansa de perdoar”, ensina o Papa

0

“Deus ama, não sabe fazer outra coisa.” Foi o que destacou o Papa Francisco, na Missa desta sexta-feira, 28, na Casa Santa Marta. Ele enfatizou que Deus sempre espera pelo homem e o perdoa, pois é o Senhor da misericórdia, que faz festa quando o ser humano volta para Ele.

1425514_760947883931044_1737591806_nA homilia do Papa desenvolveu-se a partir do Livro do Profeta Oseias, na Primeira Leitura do dia. Deus fala com ternura, observou o Papa, mesmo quando convida o homem à conversão. Há a exortação do Pai que diz ao filho: “Volta! é hora de voltar para casa”.

“É o coração do nosso Pai. Assim é Deus: não se cansa, não se cansa! E por tantos séculos fez isso, com tanta apostasia do povo. E Ele sempre volta, porque o nosso Deus espera. Ele é fiel à Sua promessa, porque não pode renegar a si mesmo. E assim esperou por todos nós ao longo da história”.

Francisco referiu-se, então, à parábola do filho pródigo para falar da misericórdia de Deus, que sempre espera o homem de braços abertos. Mesmo se a pessoa cometeu pecados, ela pode se dirigir a Deus e, assim, conhecerá a sua ternura.

“Somos nós que nos cansamos de pedir perdão, mas Ele não se cansa de nós. Setenta e sete vezes, sempre adiante com o perdão. E do ponto de vista de uma empresa, o balanço é negativo. Ele sempre perde! Perde no balanço das coisas, mas vence no amor”.

Isso acontece, como explicou o Santo Padre, porque Deus é o primeiro a cumprir o mandamento do amor. “Ele ama, não sabe fazer outra coisa”. Os milagres que Jesus fazia eram sinais do grande milagre que Ele pode fazer com o ser humano a cada dia, quando este tem a coragem de se levantar e seguir na direção do Senhor.

“A vida de cada pessoa, de cada homem e de cada mulher que tiver a coragem de se aproximar do Senhor encontrará a alegria da festa de Deus. Que esta palavra nos ajude a pensar em nosso Pai, Aquele que nos espera sempre, que nos perdoa sempre e que faz festa quando voltamos para Ele”.

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.