Papa Francisco grava mensagem para chilenos e peruanos

0

Papa Francisco: Vou ao Chile e Peru “como peregrino da alegria do Evangelho”, para compartilhar a paz do Senhor e “confirmá-los numa única esperança”, afirmou o Papa Francisco em uma mensagem de vídeo dirigida aos fiéis dos dois países, aos quais visitará entre os dias 15 e 21 de janeiro.

A mensagem de vídeo foi divulgada na terça-feira, 9 de janeiro, pela santa Sé, simultaneamente com Chile e Peru.

“Diante da proximidade de minha viagem a essas terras, saúdo-os afetuosamente. Vou até vocês como peregrino da alegria do Evangelho, para compartilhar com todos a paz do Senhor e confirmá-los numa única esperança. Paz e esperança, compartilhadas entre todos”, afirmou o Papa.

O Santo Padre manifestou sobre as regiões que visitará: “Desejo encontrar-me com vocês, olhá-los nos olhos, ver seus rostos e, em meio a todos, sentir a proximidade de Deus, sua ternura e misericórdia que nos abraça e consola”.

O Papa assegurou que conhece “a história de seus países, construída com afinco e entrega; desejo, com vocês, agradecer a Deus pela fé e o amor aos irmãos mais necessitados, especialmente pelo amor que vocês têm por aqueles que estão descartados da sociedade. A cultura do descarte nos invade cada vez mais”.

Por isso, afirmou, “quero ser partícipe de suas alegrias, tristezas, dificuldades e esperanças, e dizer-lhes que não estão sós, que o Papa está com vocês, que a Igreja inteira os acolhe e os guarda”.

“Com vocês desejo experimentar a paz que vem de Deus, tão necessária; só Ele pode nos dar. É o dom que Cristo nos fez a todos, fundamento de nossa convivência e da sociedade; a paz que se baseia na justiça e nos permite encontrar instâncias de comunhão e harmonia”.Papa Francisco

O Santo Padre assinalou que a paz “deve ser pedida constantemente ao Senhor e o Senhor a dá. É a paz do Ressuscitado que traz alegria e nos impulsa a ser missionários, reavivando o dom da fé que nos conduz ao encontro, à comunhão compartilhada de uma mesma fé, celebrada e entregue”.

O Pontífice disse que “esse encontro com Cristo ressuscitado nos confirma na esperança. Não queremos ficar ancorados nas coisas deste mundo, nosso olhar vai muito mais além, nossos olhos estão voltados à Sua misericórdia, que cura nossas misérias. Somente Ele nos dá a força para nos erguermos e prosseguir”.

Francisco explicou que “sentir esta proximidade de Deus nos faz comunidade viva, capaz de nos comovermos com quem está ao nosso lado e dar passos firmes de amizade e fraternidade. Somos irmãos que vamos ao encontro dos demais para nos confirmarmos na mesma fé e esperança”.

Nas mãos de Maria

Finalmente, o Papa assegurou que coloca “nas mãos de Maria, Mãe da América, esta viagem apostólica e todas as intenções que temos em nossos corações, para que seja ela, como boa Mãe, a nos acolher e nos ensinar o caminho rumo a seu Filho”. “Até breve! E, por favor, não se esqueçam de rezar por mim. Até logo!”, concluiu.

Via ACIdigital

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.