Papa liga para mãe de jovem assassinada em 1993

0

ElisaClaps_01O Papa Francisco ligou na semana passada passada para Filomena Iemma, mãe de Elisa Claps, uma jovem italiana que desapareceu em 1993 e cujo corpo foi encontrado em 2010 no teto da igreja da Santíssima Trindade, em sua cidade.

Na ligação, o Papa afirmou a Filomena que reza muito por sua filha e por seu marido, Antonio Claps, que estava doente havia muito tempo e morreu no dia seguinte ao telefonema do Papa.

O desaparecimento de Elisa Claps, então com 17 anos, comoveu a Itália no ano de 1993. Apenas em 2010 alguns operários encontraram o seu corpo em um local de difícil acesso no teto da igreja local. Elisa integrava o coral da paróquia. Na manhã de 12 de setembro de 1993 saiu de casa para participar de um ato religioso junto com uma amiga, em uma igreja perto de sua casa.

Só em 2010, quando seu corpo foi encontrado, a investigação conseguiu provar como culpado pelo assassinato Danilo Restivo, amigo da jovem. Ele já tinha sido apontado como responsável pelo assassinato, em 2002, de uma mulher inglesa, Heather Barnett (48). As duas foram espancadas e esfaqueadas. Danilo Restivo foi condenado a prisão perpétua, com liberdade vigiada depois de no mínimo 40 anos de prisão.

Fonte: Aleteia

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.